Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Reportagem da festa dos 20 anos da UATI na versão poética e encantadora de Jolanda Gentilezza

Imagem
OS 20 ANOS DA UATI UNIVERSIDADE ABERTA ÀTERCEIRA IDADE – USP 22/10/2013 Considerações e des-considerações: As “Misses” são interessantes mulheres da terceira idade  (ou aproximando-se dela), que estão chegando para o café da manhã comemorativo dos 20 anos da UATI, às 9:00 horas de um ensolarado dia de outubro na Biblioteca do Instituto de Psicologia da USP. Todas vaporosas, alertas, educadas, à vontade: a USP é o ambiente delas. Alguns homens – tímidos diante da esmagadora maioria feminina - também vão entrando. Sentada num canto do salão, tenho a panorâmica perfeita da chegada das Misses, umas andando altivas em seus saltos altos, outras pilotando sapatos cômodos. Algumas lindamente penteadas, outras com cabeleireiras que se impõem sozinhas sem a ajuda de profissionais da beleza.  T odas com algum enfeite: um colar, um brinco, um anel, uma echarpe, um foulard , o eterno feminino nunca decepciona, graças a Deus.  Afinal, o que distingue uma mulher da segunda idade daque

A UNIVERSIDADE ABERTA À TERCEIRA IDADE FAZ 20 ANOS

Imagem
UATI é UNIVERSIDADE ABERTA À TERCEIRA IDADE - USP O projeto nasceu por iniciativa da profa. Ecléa Bosi, da Psicologia Social da USP, que pretendia que se abrisse um caminho para acolher idosos que desejassem assistir e participar das aulas e atividades que seriam oferecidas pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária.  A aproximação de diferentes gerações e o decorrente intercambio de experiências são marcas de originalidade deste programa. É objetivo do programa possibilitar ao idoso aprofundar “conhecimentos em alguma área do seu interesse e ao mesmo tempo trocar informações e experiências com os jovens” Ecléa Bosi é a idealizadora, a “mãe”, da UATI, aquela que acompanha  programas, alunos e professores do  projeto. A que está sempre atenta aos problemas e aos sucessos; Falar mais sobre sua atuação na UATI é repetir e repetir. É preciso senti-la para entendê-la. E admirá-la. E respeitá-la. Por isso as comemorações dos 20 anos da UATI estão entrelaçados c