Indicações da Vovó Neuza

Estes são os espaços e livros com os quais me identifico e que recomendo:


ESPAÇOS DA CIDADE QUE ME SÃO CAROS

AVENIDA PAULISTA  com tudo o que ela tem e teve:
 - teve as floreiras ao redor das luminárias,  lindas durante o ano e mais belas ainda na época do Natal com os bico de papagaio dominando. 
- teve um museu a ceu aberto com contadas 18 esculturas de rua.Onde estão? Dentro de prédios ou sumidas.
- teve um Banco Real e um Banco de Boston que disputavam a melhor decoração de Natal e apresentavam um mundo de beleza
 - tem agora uma faixa para bicicletas que lhe dá  vida participativa
 - tem uma Casa do Japão digna de ser vista
 - Tem a Casa das Rosas uma das duas remanescente dos seus primeiros tempo.
 - tem um hospital cuja parede ´s de obras de arte
 - temo Grupo Escolar Rodrigues Alves  com prédio de     só repintado paara conservação
 - tem o Instituto Pasteur inaugurado em 1888
 - tem o prédio de A GAZETA que em tempo não tão remoto tinha uma sirene anunciando o meio dia
 - tem o MASP  e o Parque Tenente Siqueira Campos (Trianon)
 - Um Shopping novo semelhante a todos os outro só mais modernoso mas com uma história que poucos conhecem. 
 - tem o Conjunto Nacional  como o "primeiro Shopping" da cidade
 - tem agora a mais nova joia com o Instituto Moreira Salles
e tem o coração dos paulistanos.
 - PINACOTECA e ESTAÇÃO PINACOTECA
 - MUSEU DE ARTE SACRA
 - PÁTEO DO COLÉGIO   e arredores  no centro velho da cidade
 - VALE DO ANHANGABAÚ de onde se pode ver os três gigantes da cidade: BANCO DO BRASIL - EDIFICIO ALTINO ARANTES (bANESPA) e  MARTINELLI, um grande jardim com  esculturas significativas da história da cidade, os monumentos a Carlosgomes e Verdi
 - THEATRO MUNICIPAL que frequento há perto de 40 anos  e me abastece de musica em todos os tempos. 
e muitos outros cantinhos escondidos  que contam uma história.


SOBRE LIVROS

Vai ser mais dificil escrever sobre isso. Eu, ao contrario de Ayrton, não tenho antecedentes literárioss. A familia dele era leitora compulsiva, principalmente o pai, Auto de Carvalho. 

Até meus 10, 11 anos só conheci dois livros que eram toda a estante de minha casa: ANTOLOGIA NACIONAL (?) e GEOGRAFIA GERAL. 

Mas, na década de 40 entrou mais um livro em casa : THELMA - A PRINCESA DA NORUEGA -  que meu pai ganhou do Circulo Esotérico da Comunhão do Pensamento. E junto com ele chegaram também NOSSAS FORÇAS MENTAIS de Prentice Mulford que meu pai insistiu para que eu lesse,mas nunca li. Conservo-os por respeito a ele. 

Nos anos de ginásio e científico também não fui motivada  para ler embora meu professor de Português fosse o conhecido Silveira Bueno. Na Faculdade a leitura era especifica, orientada para o curso de História Natural (Biologia e Geologia). 

Quando formamos um casal o gosto pela leitura veio junto com Ayrton e "livros" passaram a ser importantes  na nossa vida. tínhamos até verba mensal para isso. Começamos por abastecer a casa com  TESOURO DA JUVENTUDE, ENCICLOPÉDIA BARSA, HISTÓRIA DA CIVILIZAÇÃO de Will Durant, MONTEIRO LOBATO (coleção completa) e JULIO VERNE(todos) e mais os classicos JOSÉ DE ALENCAR e mais tarde JORGE AMADO, ZÉLIA GATAI, GRACILIANO RAMOS, JOSÉ LINS DO REGO e uma literatura mais abrangente comos primeiros livros de Vargas Llosa -PANTALEÃO E AS VISITADORAS, TIA JULIA E O ESCREVINHADOR, CONVERSA NA CATEDRAL, os primeiros de Garcia marques CEM ANOS DE SOLIDÃO, O AMOR NOS TEMPOS DO CÓLERA e muitos outros e até José Saramago com o polêmico EVANGELHO SEGUNDO JESUS CRISTO.

E sempre tinhamos livros novos porque sempre ligados em noticias literárias.

Mais para o final do ciclo de vida de Ayrton  quando a deficiencia visual não lhe permitia mais ler eu lia muito e muito e tinhamos tempo para os comentários.Passa pela minha lembrança Milan Kundera (provavelmene com a  INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER) e Umberto Eco - O NOME DA ROSA. Mas, ficou mesmo como lembrança inapagável de Vargas Losa A GUERRA DO FIM DO MUNDO que eu li pela segunda vez nos penúltimo dia do fechamento de seu ciclo vital. Ainda comentamos alguns conteúdos o que mostrava a perfeita cognição e coerência de Ayrton no final.

Mas, sozinha li muito mais e minha mania de registro  do que faço registrei de 2000 a 2016 400 livros lidos todos eles listados a cada ano. Está tudo na página "O QUE TENHO FEITO".

Impossível registar tudo,, mas dá para registrar alguns: BAÚ DE OSSO E ......todos de Pedro Nava, continuando  a cada publicação de Vargas Llosa, Garcia Marques e Jose Saramago. O FÍSICO. XAMÃ e A ESCOLHA DA DOUTORA COLE de Noah Gordon. A CRIAÇÃO DO MUNDO  Miguel Torga. A VARANDA DO FRANGIPANI e outros de Mia Cout.O ÚLTIMO MAMIFERO DO MARTINELLI e todos os livros de  Marcos Rey. MINHA PROFISSÃO É ANDAR  e VELEJANDO A VIDA de João Carlos Pecci. SAGARANA E GRANDE SERTÃO -VEREDAS e outros de Guimarães Rosa. Clarice Lispector, A CAPITAL DA SOLIDÃO  e  A CAPITAL DA VERTIGEM  de Roberto Pompeu de toledo e uma lista longa sobre a história de São Paulo para meus estudos. NEM CÉU NEM INFERNO e muitos outros de Jorge Caldeira. ARQUEOLOGIA DA MEMORIA SOCIAL  e muitos outros de José de Souza  Martins. MEMÓRIAS DE UM  GATO, O GATO APRENDE A MORRER, A GUERRA SANTA DO GATO de Luiz Carlos Lisboa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUARESMEIRA OU MANACÁ DA SERRA?

USP 1948 - VESTIBULAR???????

PAINEIRAS E MARITACAS