Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

MAIS LEMBRANÇAS - O LARGO DO AROUCHE

Imagem
O Largo do Arouche é um espaço da cidade que faz parte das minhas lembranças. Na década de 60, eu e Ayrton, ainda casal jovem, ainda apaixonados e sempre preocupados em manter acesa a chama da paixão (isso manteve o casamento por 46 anos) reservávamos a sexta feira para “namorar”. Filhos pequenos, contavam com os avós maternos para curti-los e cuidar deles de sexta para sábado. Na sexta á tarde, eu nunca dava aula e aproveitava para me embonecar, cuidar de mim, da minha “beleza”. À noite saímos como um casal de namorados para um cinema, um jantar romântico, uns “amassos” permitidos e a volta para casa para aproveitar momentos a sós, difíceis com duas crianças pequenas. O restaurante preferido era o La Casserolle, perto de onde estacionávamos o carro, na época já um primeiro fusca dos vários que tivemos. E passávamos na então banca de flores e eu recebia um buquê de violetas (as pequeninhas que não existem mais) ou um buque de ervilha de cheiro que também desapareceu