A mídia e eu

A seguir, os links de entrevistas comigo e participações em matérias jornalísticas; na sequência coloquei um detalhamento dessa presença na midia de 2002 para agora.

TV Brasil - entrevista em 22/03/2018 - O idoso em relação à tecnologia

Catraca Livre - entrevista à Rafael Machado

TV Globo - programa "Como Será? com Sandra Annenberg  - 10/03/2018

TV Câmara - matéria sobre Testamento Vital - 02/01/2018 

revista VIVER AGORA

Programa de Pedro Bial com Gilberto Gil 

Programa Como Será? 

Entrevista a curso de Jornalismo da Casper Líbero

Palestra no Arquivo do Estado SP

Globo Reporter - 06/2016 - 8 minutos

Globo Reporter - 06/2016 - programa completo

Mulheres que fazem

Talentos da Maturidade

Sobre Ecléa Bosi

Entrevista ao ig

Entrevista a estudantes da PUC

Vida Nova para a Terceira idade - IG

Receita de vó para vencer o medo de envelhecer -IG-22-05-2010

Radio Globo - programa Frente a Frente - 20/04/2010

TV Globo - Programa Ação - 31/10/2009

Entrevista à Rádio CBN em 24/10/2009 - Programa Revista CBN

Programa Espaço Vida - TV Aparecida

Programa Mais Você de Ana Maria Braga - TV Globo 15/06/2009

Jornal da Tarde - Vovó Neuza, a blogueira de 79 anos

Diário do Comércio SP - Paulistana, 78 anos e plugada no mundo

Vovó blogueira no Época SP - 18/12/2008

Matéria do Jornal Nacional em 4 de abril de 2008

Depoimento ao Museu da Pessoa em 2007

Lançamento do livro São Paulo Minha Cidade.com


Segue abaixo o levantamento detalhado por ano de como a Mídia me retratou. Eu também fiquei impressionada.


MIDIA 2017

 - Entrevista de duas horas sobre Ecléa Bosi para documentário sobre ela que deixa a Universidade Aberta à Terceira idade – UATI depois de 22 anos.

 - Convite para a participação no Programa Pedro Bial no dia em que ele entrevistou Gilberto Gil e o assunto foi MORTE. Gravação em auditório feita nos estúdios da Globo em São Paulo. Em combinação prévia, estava na plateia e fui chamada para falar sobre TESTAMENTO VITAL procedimento relacionado com a Morte, assunto do programa. Foi ao ar em 02 de maio de 2017 –

link para o programa de Pedro Bial com Gilberto Gil 

 - Participação como beata na mini série Vade Retro da TV Globo. Foi uma gravação feita pela produtora O2 Filmes para a TV Globo, em uma manhã inteira no final do Viaduto do Chá (espaço em frente à prefeitura), em São Paulo, com cenas com Toni Ramos. Não vi essa cena no ar.

 - Por conta do Simpósio da USP “RUMO AO ENVELHECIMENTO ATIVO” – contato com Ricardo Mucci para seu site.

 - Entrevista por e-mail para a Editora Globo a ser publicada na Revista Delboni

 - Primeiro contato com jornalista da TV Globo para gravação, em agosto, e uma pré entrevista com duração de duas horas e meia.

 - Entrevista para Tiago (contato na Unibes Cultural) para seu TCC – três horas de duração.

 - Entrevista para a UOL sobre Testamento Vital

 - Entrevista por e-mail para repórter de O Estado de São Paulo sobre o dia da AVÓ. Seis perguntas respondidas. Não vi o resultado

 -Gravação para o programa da Globo "COMO SERÁ?" do meu trabalho RESGATE DE MEMÓRIA AUTOBIOGRÁFICA no Hospital Universitário – USP em 02 de agosto de 2017. O repórter Alexandre Anderson e uma equipe de sete pessoas armaram o “circo” desde as 9 horas da manhã com entrevistas prévias de ex participantes dos Encontros. A gravação se estendeu por todo o Encontro, das 10:00h até 12:00h. Na íntegra.  Foi o primeiro encontro do semestre de muita responsabilidade para mim, que precisava entender o grupo de 10 participantes que eu desconhecia. Em um segundo período em minha casa maior enfoque foi dado ao material que tenho sobre a minha memória e a memória da família. E gravaram todo o processo de postagem passo a passo de matéria no Blog, desde a escolha e gestação do assunto, a escolha do título, a triagem de imagens e a técnica da postagem. Em detalhes. No ar dia 23 de agosto com boa repercussão e muitos comentários.

 - Entrevista para a Band News com Dr Egidio Dorea como entrevistado principal e, como coadjuvantes Maria Julia Kovács do Instituto de Psicologia da USP e eu, falando do meu trabalho.

 - Reunião com grupo de alunos da Psicologia da PUC respondendo a perguntas sobre o Blog – detalhes de como é gestado o texto, a importância do título e das imagens e a técnica da postagem. 

 - Fotos e entrevista para o jornal impresso O Globo sobre Testamento Vital

 - Convite e contatos prévios para participação do programa "COMO SERA?" Que será gravado em 01 de março de 2018. Contato telefônico com jornalista do Rio de Janeiro provavelmente para testar minha capacidade de comunicação, coerência, cognição. Conversa de meia hora. O assunto será a cidade de São Paulo e o Idoso - o que já tem e o que falta. Tenho tempo para me preparar.

 - Gravação para a TV da Câmara Municipal de São Paulo sobre o tema Testamento Vital em evidencia agora.

link para o programa da TV Câmara - matéria sobre Testamento Vital - 02/01/2018  


 - Nova entrevista (a terceira sobre o mesmo assunto, Testamento Vital, em duas semanas) para o Jornal da Cultura. Não foi ao ar no dia anunciado e nem soube mais dessa apresentação.


MIDIA 2016

Este foi um ano bom em relação à minha visibilidade através da mídia. 

Já em janeiro dei uma entrevista por e-mail para a revista Todos da Drogasil. Esqueci dela e muito tempo depois me lembrei e recuperei a revista através da minha amiga da Drogasil aqui da Cerro Corá. Ainda bem porque em fevereiro veio um fotografo dessa revista e ficou horas fazendo um ensaio fotográfico. Acho que era o primeiro trabalho legal dele. 

Em março a TV gazeta solicitou uma matéria sobre Doação de Corpo. Feita na Cidade Universitária na unidade ICB III, primeiro com Thelma Parada a líder desse projeto. E vieram me buscar em casa para complementar a entrevista lá. O “caminhão” que veio me buscar era tão alto que não entrava na garage e ficou meio entalado na descida. Não sei como consegui subir: na rampa e um degrau altíssimo. Não tinha feito ainda a cirurgia e as dores eram violentas. Nunca assisti a essa matéria.

Em maio, primeiros contatos com Anarita do Globo Repórter com matéria com o nome de CÉREBRO, marcando uma gravação dos Encontros de Resgate de Memória Autobiográfica que então eram realizados aqui em casa porque eu estava em pós-operatório. No dia 1 de junho toda a equipe baixou aqui, um repórter classe A me entrevistou e os cinegrafistas deram cobertura de um dos temas abordados com depoimentos de participantes. Ficaram a manhã toda entre gravações e gravações. Nos levaram para almoçar e voltaram gravando mais e mais todos os meus espaços. Não sei o que eles fazem com tantas imagens.

Tinha apenas um mês e meio de cirurgia, mas como eu me deslocava bem de bengala, houveram por bem me levar ao Teatro Municipal no dia seguinte para a gravação no local de são Paulo que eu tinha escolhido como meu favorito. Muitas cenas gravadas, muito deslocamento e o aproveitamento é mínimo. Mas, dei visibilidade ao Teatro para o Brasil (Globo Repórter é um programa da Globo de abrangência nacional). Linda mesmo foi a cena inicial que abrangendo toda a entrada do teatro foi se aproximando até um close  onde eu estava , no balcão do saguão nobre. 

Marcado para o dia 15 de julho a apresentação da matéria. Foi mesmo, teve boa repercussão e foi visto por muita gente que até hoje se lembra. 

No dia 21 de julho a O2 filmes, me convidou para um pequeno papel para matéria da Globo, uma minissérie para abril de 2017.  Fui ao estúdio, fiz prova de figurino assessorada por Cecilinha (meu contato na O2) e Verô a encarregada do figurino.  Teria apenas um véu de Beata e um terço na mão. E a bengala, peça importante no texto. A gravação foi na Igreja do Calvário na Cardeal Arco Verde e eu fiquei à disposição das 7h da manhã até 18h com direito a café da manhã, almoço, lanche e até uma sopinha quando vinha embora.  E o cachê foi bom. Recebi mais de R$ 900,00 e a identificação como atriz. A cena filmada muitas vezes foi rápida e eu apenas deveria dar uma bengalada em alguém que estaria roubando água benta dentro da igreja. 

Em agosto uma entrevista para um vídeo sobre o prof. Pavan para uma segunda exposição, agora no ICB. A Estação Ciência onde foi feita a primeira exposição não existe mais. 

Em setembro nova entrevista agora para Mariana, estagiária do Eduardo Barros do Documentário. Não sei a finalidade. 

O Evento acontecido no arquivo do Estado foi publicado no Diário Oficial do Estado com todos os nomes inclusive o meu. 

Em outubro uma entrevista para a CBN rádio no estúdio. Eles vêm me buscar e me trazer. Falei durante meia hora com os repórteres da matéria 50+. Marcada para ir ao ar em 26 de novembro, mas no dia agendado morreu Fidel Castro e toda a programação foi alterada. Nem sei quando foi ao ar porque alguém ouviu e me ligou. Uns dias depois encontrei no site da CBN e gravei. Flavio passou a gravação para meus arquivos. Nem ouvi direito.

No dia 29 de outubro (dia em que Jurema veio se despedir indo embora de novo para Londres onde mora) a O2 mandou material e garota para nova prova de figurino, agora para uma outra cena. Experimentei mais de 20 roupas (saias, blusas, vestidos, adereços, sapatos, bolsas. Até um chapeuzinho foi aventado). A cada figurino foto mandada para a figurinista e aprovada ou não. 

No dia seguinte a gravação principal que durou das 7h quando me pegaram aqui até 15h quando me entregaram. Duas cenas principais: em uma delas fico na Praça do Patriarca e atravessando a rua Libero Badaró me assusto com um choque de um carro em um poste. Carro já amassado e filmado, a cena foi repetida muitas vezes. E o som da batida, filmado separadamente, seria incluído na cena.

A segunda cena, também muito repetida: eu aguardo na calçada para atravessar o final do viaduto do Chá no cruzamento com a rua Líbero Badaró para atravessar. Um cavalheiro (o próprio Tony Ramos, artista famoso da Globo) oferece seu braço para me ajudar e atravessamos até a próxima ilha. Vai e vem de umas 20 vezes e a cada cena o aguardo do posicionamento do equipamento. Muita gente envolvida. Gravação até com grua, de cima para baixo. Muito divertido, nada cansativo, todo mundo trata bem todo mundo e para mim é uma mudança de cenário na minha vida, uma atividade diferente mesmo.  Em um outro dia, pelo telefone tive que dizer muitas vezes uma “obrigada” ao aceitar o braço do cavalheiro que deve ter sido encaixado na cena.  Em estacionamento fechado pela produtora temos café da manhã variadíssimo, um almoço simples, mas igual para todos.

Talvez sejam cenas cortadas na mini série que deve se chamar “ o advogado do Diabo” em que o diabo é o próprio Tony Ramos que na cena completa me abandona no meio da rua entre carros circulando.

Novamente pela O2 faço sozinha aqui em casa cenas em selfie para uma propaganda da Coca Cola. Eu mesma tive que   fazer o texto, fiz muitas cenas e fui mandando. Mas, nenhuma oi escolhida. 

Outro teste agora nos estúdios da O2 para comercial do Posto Ipiranga. Também não passei, mas me diverti e encontrei gente conhecida. Em dezembro, entrevista para a revista Sorria por telefone. Não gosto, mas aceitei pela entrevistadora   que vai voltar neste janeiro.  

Contando foram uns 12 contatos com a mídia, mas desta vez contatos longos. 


MIDIA 2015

Respingos da reportagem de entrevista no Hospital Universitário e levada ao ar pelo Jornal Nacional. Muita gente viu e teceu comentários. 

Neste ano de 2015 pouco assédio pela mídia.  Ainda bem. É cansativo, mas não posso deixar de atender porque se trata de trabalho dos repórteres. 

A mais importante entrevista foi com   Bárbara Gaspar, uma “menina’ do primeiro ano da Faculdade de Jornalismo Cásper Líbero. Fazendo o seu primeiro trabalho se dedicou integralmente. Esteve aqui várias vezes, conversamos muito, ela gravou   várias vezes e mesmo por e-mail me fazia perguntas que eu sempre respondi. Começou em maio e publicou em setembro.

Não foi reportagem para jornal, mas para trabalho de fim de ano. Me mandou todo o link da entrevista com inserção de 3 vídeos de 7 minuto cada um. E o texto foi muito bem elaborado. Fiquei muito satisfeita e acho que ela será uma bela jornalista. O link que deixo aqui é:
http://babbigaspar.wix.com/perfilneuza

Em outubro Caio, do Diário de São Paulo veio para uma entrevista de duas horas. Fotógrafo veio junto. Reportagem publicada em seguida em página inteira. Na pasta como registro. 

Ainda em outubro a repórter Camila da Folha de São Paulo me entrevistou sobre Testamento Vital. Boa conversa, entrevista inteligente. Falo até demais mas para mim isso serve para me avaliar se estou coerente nas minhas ideias. Demorou muito, mas o fotógrafo da Folha veio fazer a documentação fotográfica. Fez um verdadeiro ensaio fotográfico, claro que para utilizar umas duas apenas.

Mas, a reportagem saiu na Folha de São Paulo impressa e na UOL no dia 22 de dezembro. Fechei o ano com uma bela entrevista que copiei para juntar aos meus documentos de Testamento Vital. 


MIDIA 2014

Este ano a mídia felizmente se esqueceu de mim.  Foram só umas quatro ao longo do ano.

Uma entrevista por Skype para mato Grosso foi muito fraquinha e nem sei se foi aproveitada.  

Entrevista para a TV Gazeta

Entrevista para a TV Record ao vivo para o programa “Hoje em Dia”, em 12 de dezembro o mesmo dia do lançamento do livro Glette. Como foi pela hora do almoço aceitei o convite e aproveitei para fazer a divulgação do livro. 

No dia 17 de dezembro a rede Globo me pegou no susto para matéria com o Dr. Egídio e depois me “sugou” literalmente das 10h às 13h. O resultado foi 1 minuto do dia 31 de dezembro, mas no Jornal Nacional, com grande abrangência. Muita gente conhecida me viu por lá´. 


MIDIA 2013

Felizmente muito pouco assediada pela mídia. Enjoaram de mim e como pedem sempre as mesmas coisas, a entrevista fica monótona.  Gostaria que me entrevistassem pelo muito mais que eu faço: Encontros de Resgate de Memória Autobiográfica. E História de São Paulo

 - Entrevista por e-mail em nove de janeiro
 - fotógrafo da Livraria Cultura completa a entrevista para a Revista da Cultura que saiu na edição de fevereiro. Boa reportagem de Denise Godinho
 - Entrevista para o site Mamatraca
 - Entrevista com a jornalista (?) Elisabeth Faria
 - Entrevista para alunos da faculdade Casper Líbero para TCC
 - Participação do documentário de André Ribeiro sobre a Lapa 
 - Depoimento de “Como cheguei à música” em aula do Terron
 - Entrevista via Internet para a revista Pais e Filhos
 - Entrevista para a revista Isto É
 - Entrevista para o Jornal da Gazeta
 - Entrevista para a TV Record. Equipe grande de produção, jornalista de bom nível.  Uma das melhores  que já dei. 
 - Entrevista sobre Talentos da Maturidade. l
 - Entrevista via Skype para Vanessa Bueno – 1 hora e 40 minutos de conversa editada deu bom texto. Grande experiência. 
 - Depoimento para um documentário da TV Brasil sobre o MASP
 - Teste na O2 para comercial da Sadia. Felizmente não fui aprovada. Não me envolvi, não é minha praia, mas fiz o teste pela possibilidade de uns miúdos a mais. 


MIDIA 2012

Já estão enjoando de mim. Que bom. Eu também estou enjoando do assédio da mídia. 

 - Logo no começo de janeira fui procurada por uma reporter da Folha para uma matéria sobre a cidade. Conversamos bastante e ela me convidou para ir até a redação conversar com a editora. Fui. Que belo prédio, ótimas instalações em centenas de procuradores de noticias como formiguinhas no trabalho.

Ficou combinado que eu circularia pela cidade e fotografaria pontos que eu achasse interessantes. Como minha máquina digital não é lá essas coisas me disponibilizaram uma de lá da Folha, e eu fiquei com ela fazendo a lição de casa. Mas foi um período que choveu muito e eu não pude andar pela cidade na chuva. Nesse meio tempo acho que mudaram a pauta e trabalho meu e deles não foi pra frente.

Acho que para não perder entrevistas, saí na sessão GPS de uma página da Revista São Paulo da Folha, indicando lugares pouco conhecidos da cidade.
A mesma repórter foi comigo na Biodelta e fotografou tudo. Vi o vídeo e ficou bom. 

 - Convite para o programa Jo Soares. Não me entusiasmei, nunca assisti a esse programa e não gosto da maneira como é encaminhado o bate boca. . Muita conversa por telefone deve ter mostrado à produtora que nossos perfis não batem Felizmente eles também não me quiseram. 

 - Entrevista com Helô Pinheiro para o programa “De Cara com a Maturidade”. As duas entrevistadas eu e outra muito mais jovem não mostrou o que pretendiam. 

 - Respondendo por e-mail para alguém de Goiana (agora é moda). Não gastam, não se deslocam, mas perdem o contato pessoal que é o mais importante. 

 - Entrevista marcada com a BAND foi desmarcada em cima da hora. Sacanagem – Em setembro escrevi para uma revista, nem me lembro qual. 

 - Novamente entrevista por e-mail. Não vou aceitar mais. 

 -. Entrevista para TCC de aluna de jornalismo. Perguntas sempre iguais. 

 - Record pede entrevista e suspende duas vezes. Falta de respeito. Não estou  á disposição. 

 - Reportagem de Neide Duarte meio de improviso para o Bom Dia Brasil.. Gravado em uma terça, foi ao ar na quinta. Não vi. Quem viu disse que ficou bom. 

 - Recebi convite de doutorandas da PUC para um trabalho “Internet entre os idosos” Houve reunião na casa de uma elas. Éramos oito. Interessante.
Entrevista para a Revista Cultura da Livraria Cultura com o tema “Por que não Envelhecer?” Conversei horas com Denise. 


MIDIA 2011

Este ano a mídia também me “assediou” bastante. Não ganho nada com isso e dou muito do meu tempo. E acabo deduzindo que deixo de fazer muito que gosto  para responder perguntas e perguntas em geral sempre as mesmas: uso de informática, blogs. Me dá visibilidade, mas eu não estou mais na idade de aparecer muito. Minha época de vaidade já passou. Não recuso pedidos de entrevistas porque acho que estão fazendo o seu serviço.  

Este ano foram 29 só.
1. A primeira aparição minha deste ano foi no catálogo da Universidade Aberta á Terceira idade. A profa.Ecléa Bosi  me escolheu  para “garota da capa” do catálogo.E nas páginas interiores há muitas fotos e um depoimento  que mesclou o que eu escrevi com o que a profa. Ecéa escreveu. As muitas folhinhas espalhadas pelo catálogo faziam referencia Figueira da Glette que está sempre  ligada a mim. E, durante uma semana, um outdor no Centro dos Visitantes, na portaria 1 esteve com minha figura de capa. Me deu grande visibilidade. Fiquei conhecida de meio mundo e muito agraciada. Até me pediam autógrafo. 

2. Em seguida dei muitas entrevistas, algumas das quais nem guardei o  nome do (a) entrevistador(ra).

3. - Entrevista para TCC de juliana da PUC

4. - Aluno da Fau me apresentou perguntas que eu respondi por escrito (texto na pasta) 

5. -Entrevista para  a IG, que publicada gerou muitos comentários

6. -  ?????? que estavam querendo montar uma produtora  e estavam testando procedimentos

7. - Entrevista para mais alunos da PUC

8. -E m abril, filmagem para a TV Gazeta

9. - Entrevista para a Revista Família Cristã

10. - Contato com os Arautos do Evangelho sobre minha casa no Ipiranga- Sufoco. 

11. - Entrevista com Marley que completou-a na Casa das Rosas

12. - Contato com jornalista Tatiana

13. - Entrevista ao vivo na TV Gazeta (28/05)

14. - TV PUC – gravação aqui

15. - Entrevista TV Brasil por Skype

16. - Entrevista por e-mail com estudantes graduandos do Rio Grande do Sul. 30 perguntas bem respondidas, nem deram retorno

17. - Continuo na capa do catálogo no segundo semestre

18. - Divulgação através da assessoria de imprensa da pro-reitoria da USP do meu trabalho de 4 meses na Estação Ciência - os Encontros para Resgate de Memória Autobiográfica

19. - Gravação na TV Paulinas

20. - José Santos do Museu da Pessoa propõe ediçãodo meu depoimento de lá. Fiz duas edições com muito trabalho e não recebi retorno. Nem sei se o livro pretendido foi publicado. 

21. - Gravações para o documentário continuam.  Filmagens com filmadora  portátil também.

22. - Entrevista para o vídeo em homenagem à prof. Ecléa Bosi

23. - contato com reporter do Estadão para matéria de domingo sobre a Segunda Guerra. Publicada também no Jornal da Tarde

24. - Entrevista com alunos do curso de jornalismo da faculdade Cásper Líbero

25. - Entrevista com alunos da Faculdade Metodista de São Bernardo do Campo. Para TCC.

26. - Gravação para o filme “Conselheiros”

27. - Entrevista com Loló para os Talentos da Maturidade do Santander

28. - Anuncio da minha palestra da Estação Ciência no Diário Oficial

29. - Entrevista para a WEBNET  sob o título “Mulheres que Fazem” Divulgado também no facebook.


MIDIA 2010

Este ano a mídia me deu sossego. Esgotou a novidade, a maioria dos canais deTV já tinham me contatado.  E passam e repassam várias vezes provavelmente para encher espaços de tempo vazios. Muita gente me vê nessas repetições que eu quase não fico sabendo. 

ela TV Canção Nova, operando no colégio Santa Marcelina e em programa sob o comando de Gabriel Chalita, uma entrevista que seria sobre a cidade (proximo ao aniversário) acabou misturada  a pastorais e  outras coisas religiosas. Nem vi.

Do depoimento dado ao Museu da Pessoa recebi dois CDs e as transcrições. 

Contato com a TV Canção Nova de Minas queriam uma entrevista  via Skype. Não deu certo. 

Entrevista para a revista VITAL (Unilever)  por skype deu certo e durou 32 minutos. 

Entrevista com as Semi-Novas na casa da Irma. Grande e ótima reportagem. 

Passa e repassa o material da Record do ano passado, que certamente ficou muito bom.


entrevista para o jornal Diário de São Paulo


Grande  reportagem do Jornal do comércio sobre a Figueira da Glette e a “consulta”  que foi feita sobre sua saúde. Texto e fotos arquivados.

Entrevista e gravação de matéria na TV Brasil (29/07)

TV Mix grava sobre o Museu da Pessoa com a minha participação.

Grande contato com estudantes fazendo seu PCC na Faculdade Metodista de São Bernardo do Campo. Tema; Inclusão digital. Várias etapas com 4 estudantes envolvidos. Gentilmente mandaram CD. 

Entrevista para reporteres do GrupoEstado – pelo telefone

Depoimento sobre o prof. Pavan dado à Lidia , para a exposição.

Programa ao vivo naTV Gazeta, programa Olga Bongiovani. Muito bom. 

Gravação de entrevista para a RedeTV

Entrevista para a revista Continuum do Itaú Cultural – Museu da Pessoa  com a minha participação.

Foram “apenas” 16 assédios da mídia, contra 39 do ano passado. Meus minutos de fama estão diminuindo. O assunto está repetitivo e estou cansada além do que me toma muito tempo


MIDIA 2009

Este foi o ano da Mídia. Na verdade foi muito tempo ocupado com isso e acho que não consegui estar em ordem com meus trabalhos por isso mesmo. Sempre as entrevistas ocupam muito tempo. E foram muitas  muitas. Segue a relação: 

 - já em 20-23 de  janeiro reportagem para o  Jornal do Comercio – não é jornal vendido e então o espaço é grande.

 - 5/2 - Contato com a  MIXTV sobre o TopBlog. Convidando para escrever nesse blog institucional no item METROPLE – sobre a cidade de São Paulo

 - Visita ao prédio da UNIP na rua Vergueiro e gravação de vídeo para propaganda do lançamento do TopBlog

 -  04 e 13/03 - Contato com a revista SORRIA – revista distribuída pela DrogaRaia  como   parceria com o    CRAAC (ajuda no combate ao câncer infantil) . Entrevista, sessão de fotos em estúdio e matéria publicada na  revista e distribuída. Esse foi um trabalho de participação .

 - 18/03 - Coletiva de Imprensa na  UNIP por conta do TopBlog

 - 24/03 - Nova gravação  de vídeo nos estúdios da UNIP – Primeiro mundo em equipamento.

 - 25/03 - Entrevista para o Jornal da Tarde

 - 01/04 -  Matéria feita pelo repórter Carlos Dorneles para o Jornal da Record (TV) grande parte  feita em casa, no CECAFI, no Lapapel  e circulando nas ruas da Lapa dirigindo o Corsa.  Matéria  boa, grande e repetida várias vezes. 

 - 09/04 -  Caricatura do  Paulo Caruso me mostrando como vovó blogueira. 

 - 12/04 – EntrevisTa para a TV Gazeta

 - 23/04 – Participação no programa PRA VOCÊ de Ione na TV Gazeta. Gravação em estúdio, ao ar ao vivo. 

 - Depoimento para Gazeta e estudantes de jornalismo no CCBNB na exposição ERA UMA VEZ.

 - 28/04 – Entrevista para a rede Globo, para o programa MAIS VOCÊ  de Ana Maria Braga.  Aqui em casa. E na Casa das Rosas como  complementação. 

 - Entrevista para estudantes nem sei de onde  sobre O CRIME DO POÇO . Mal preparados. Só perda de tempo. 

 - Contato com repórter da Globo para ida ao Rio. Primeira viagem gorada. 

 -  Eduardo Barros, do Museu da Pessoa  entra em contato comigo para fazer um  documentário sobre a minha vida. Já tem tudo registrado nas minhas pastas. Traz roteirista e produtora. Em fase de estudos. 

 -  Lílian Rochael entra em contato. Entrevista e acompanhamento para eu ser uma personagem de uma História  de vida para TCC de graduação. 

 - 10/06 ida ao Rio em viagem vapt vupt (em texto). Entrevistada por Ana Maria Braga no seu cenário especial. Saí de SP à 8h e voltei 16h. 

 - 15/06  matéria gravada no Mais Você   vai ao  ar na  Globo. 20 minutos. Abrange todo o Brasil e até exterior. Numero de acessos no Blog aumenta muito. O sitemetter indica 13.498 para visits e 20682 para page views . Recebi quase 600 comentários e mais de 400 se disseram seguidores. Muitos conhecidos me viram e durante muito  tempo fui reconhecida. É claro que eu sei que isso é  sazonal.  Mas que lustra o ego é um fato.  No final do  ano concurso entre os participantes do programa distribuídos em várias categorias. Eu fiquei incluída na  categoria ” Sabedoria” (ainda bem) entre as 3 primeiras. Na votação  fiquei em 2º lugar. 

 - Entrevista com alunos do Campos Salles para dados  da festa de 80 anos. 

 - 19/06 – Entrevista de Rita Alves para o Jornal do Comercio

 - Gravação de entrevista para a TV USP

 - 13/07 – Entrevista  em casa para a TV Aparecida.

 -19/07 -  ONG Kinoquorum – filmagem de documentário. 8 pessoas um domingo inteiro aqui. Amadores mas esforçados.

 - 24/07 - Entrevista com Marcilio para trabalho  de sotaque italiano.

 - Nova entrevista com meninas da Campos Salles. Material fotográfico do meu tempo.

 - 25/08 - Entrevista de jornalista do Diário do Comercio sobre a Figueira da Glette. Fotos no Local. Página inteira. 

- 16/09 – Contato com  repórter da TV Cultura

 - 06/10 – Entrevista com a produção do programa Ação Global de Serginho Grossman. Bloco fazendo parte  do material do Museu da Pessoa. 

 - 07/10  - Entrevista  para a Faculdade Metodista de São Bernardo do Campo

 - 16/10 –Entrevista para a TV Universitária. Silvia Vinhas  no prédio da UNIP.

 - 24/10 - Entrevista por telefone, ao  vivo para a CBN – 15 minutos. 

 - 29/10 – Depoimento para o Museu da Pessoa. 1ª parte -  2hs. 

 - 26/11 - Depoimento para  o Museu da Pessoa – 2ª parte – 2hs. 

 - 9/12 – Entrevistas para Eldorado, Uol e Imprensa Oficial. Por telefone e com repórter. 

 - 11/12 Entrevista ao vivo para a TV Aparecida e  Olga Bongiovani – 20 minutos. 

 - 16/12 – Entrevista  por telefone, ao vivo para a Radio Capital. 


MIDIA 2008

 - Neste ano, a primeira relação minha com a mídia foi no Anhembi onde fui chamada a gravar um vídeo para o evento de  lançamento do livro “São Paulo Minha cidade”  Vídeo usado na festa. Tenho no livro 9 textos escritos em outros anos. 

 - No final de março entrevista para O Estado, por telefone. Nem me lembro qual foi o assunto,mas deve ter sido o uso do computador. Fotografias feitas na USP por Hélvio Romero com que conversei e me tornei pelo menos sua conhecida por outros trabalhos dele. 

 - Em abril, Neide Duarte volta aqui em casa para falar de novo do sofá. É para ela um objeto de memória que sempre tem lugar em reportagens. Fomos até a Praça da Republica onde ficava o restaurante Pelicano do qual falo em um texto. Não existe mais e depois de 50 anos ninguém se lembra dele. Matéria apresentada no Jornal Nacional em rede pelo Brasil. Recebi muitos telefonemas. 

 - Em maio a TV Ideal (do grupo Abril)  toma um depoimento meu por conta de um institucional da Brastemp e de um texto que escrevi: “A Geladeira que a gente nunca esquece”

 - Em julho, entrevista para André Ribeiro (genro do Lude, primo de meu pai) para um documentário sobre a Lapa. Entrou em um concurso, mas não foi classificado.  Filmado em casa, na rua, no ônibus....

 - Em setembro  entrevista  por telefone para o jornal AGORA.  Fotografada;

 - em novembro – entrevista para a Revista ÉPOCA (Globo)  sempre por conta do Blog. 

 - Ainda em novembro meia hora de entrevista por telefone para a UNIPMIX 

 - Em dezembro  entrevista para a EPOCA  (Globo) on-line. Muitos comentários. 


MIDIA 2007

nada foi encontrado


MIDIA 2006

Neste ano felizmente a mídia se esqueceu de mim. Só  no primeiro semestre houve uma matéria da Rede Globo sobre a Terceira Idade e fomos filmados falando sobre o porque de nossa participação. No ar no programa da Ana Maria Braga. 

Muito boa foi a entrevista feita por Eduardo Paschoal para a USP 0n-line  para divulgar o evento da Exposição de psicologia.  Saiu uma matéria muito boa ao ar em 27 de outubro. 
Duas pequenas  entrevista, com Helena e Paulo, estudante de jornalismo de um dos cursos da Casa das Rosas, não renderam muito. 


MIDIA 2005

Entrevistas para a Rádio Eldorado durante as Oficinas de Memórias do Carnaval.
Conversa com o jornalista Gilberto Dimesntein do que resultou matéria na Folha, comentário na CBN e muitos e-mails recebidos. 
Entrevista por telefone para a Folha
Trabalho com o fotógrafo do Estadão
Gravação para a TV Record
Gravação para a Rede TV na Glette
Gravação com a Band (canal 21) para o tema: O Idoso Aposentado
Gravação com a TV Comunitária na Glette. Matéria longa e bem feita
Contato com a revista Marie Claire e TV de Santo André por telefone Sem nenhum resultado. 
Entrevista pelo telefone para Isto É –não vi o resultado
Entrevista para a Folha Equilíbrio na Estação Paraíso do metrô e sobre o projeto Embarque na Leitura. Muito bem feita
Entrevista para estudantes da Faculdade Casper Líbero de Cinema e TV
Matéria com a TV Cultura para o site saopaulominhacidade.


MIDIA 2004

Pouca coisa. Matéria na Torre do Banespa com o pessoal da TV Cultura. Entrevista a alunos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, por conta dos 70 anos de USP

Entrevista para o Jornal da USP.

Reportagem da Folha de São Paulo sobre a Figueira

Continuação da gravação do programa da Neide Duarte da TV Cultura, agora dando enfoque ao sofá. Ao ar no dia 13 de fevereiro sob o título “Personagens de São Paulo”. Fui a primeira. Programa muito bom, 7 minutos de duração, muito bem feito e muito emocionante. 

Matéria para a SPTV – 2ª edição da Globo, feita no Museu da Pessoa. 


MIDIA 2003

A Mídia volta a se lembrar de mim. No começo de janeiro, quando se aproximavam as comemorações dos 449 anos da cidade de São Paulo, a TV Cultura entrou em contato comigo para fazer uma matéria sobre a cidade. Centrei o assunto naquilo que me servia de referência em São Paulo: A Figueira da Glete. A matéria foi muito boa e levada ao ar chamou a atenção de muitos gletianos. 

Entrevista por telefone para a Folha Equilíbrio não deu em nada.

A maior conquista porem foi quando a super repórter da TV Cultura, Neide Duarte me contatou para entrevista. Ela está organizando uma série “Personagens de São Paulo” e me escolheu como uma. Foram horas e horas de entrevistas, gravações em casa e na cidade, muitas contatos mais e a reportagem deve sair em 2004, ligadas ao aniversário da cidade. Foram ótimos momentos com Neide, Leandro, o cinegrafista Jonas. 


MIDIA 2002

A mídia não me procurou muito este ano. Deixei de ser novidade.  Mas houve uma entrevista para a TV Cultura, entrevista pelo telefone para o Estadão, que não saiu e uma belíssima crônica de Gilberto Dimenstein da Folha de São Paulo sobre o Baú da Memória. 


MIDIA 2001

Tive meus momentos de fama, com entrevistas e artigos sobre meu trabalho pessoal: 
- Bela matéria da TV Cultura apresentada no Repórter Eco, resultado de uma entrevista de mais de três horas. 
- Artigo na Revista dos Bancários com texto resultante de uma entrevista por telefone e fotos aqui em casa.
- Artigo publicado na Folha Equilíbrio, com texto muito bem escrito por Karina Klinger. Fotos interessantes.
- Duas entrevistas com a TV Band, uma delas com belíssima edição, muito diretamente ligada à minha vida.
- Matéria da revista Crescer, com texto e fotos pessoais.  
- Entrevista com Gláucia Leal do Estadão, com muitas fotos, mas não foi publicada.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

EU E A POESIA

USP 1948 - VESTIBULAR???????

VOCÊ SABIA QUE