Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

REPUBLICANDO CRÔNICA DE LOURENÇO DIAFÉRIA EM 1996

Pode-se republicar uma crônica de 1996 quando ela é atualíssima? Acho que sim, desde que se dê o crédito a seu autor. Lourenço Diaféria -  ( São Paulo ,  28 de agosto  de  1933  —  São Paulo ,  16 de setembro  de  2008 ) foi um  contista ,  cronista  e  jornalista   brasileiro . Na Folha de são Paulo começou como cronista em  1964 , quando escreveu seu primeiro texto assinado. Permaneceu no periódico paulista até  1977 , quando foi preso pelo  regime militar  devido ao conteúdo da crônica  Herói. Morto, Nós    considerado ofensivo pelas Forças Armadas .  Tem sua coluna censurada, e é processado. Três anos depois, é absolvido desse processo e volta a escrever. Suas crônicas são sempre de acontecimentos do momento, tem humor, “critica” sutil e uma maneira gostosa de ser lida. E então,  estou republicando uma crônica de Lourenço Diaféria : ela  cabe certinho no nosso cotidiano. Boa lembrança a de Evangelina que quis compartilhar comigo essa bela crônica. Na sequência e eu

DE VOLTA À CASA DAS ROSA (AV. PAULISTA 37)

Imagem
Sempre volto aos lugares significativo de minha vida. A Casa das Rosas é um deles.  Já escrevi muito sobre ela, já trabalhei os meus Encontros nela, já servi de guia dentro dela, conhecendo cada pedacinho e seu significado. Em um tempo fiz da Casa das Rosas o meu espaço quase cotidiano nos muitos cursos que aconteciam por lá. Deve estar tudo isso em um dos textos do meu blog, mas não consigo achar, provavelmente perdido entre os mais de 500 textos que publiquei desde 2008. E nesse caso o jeito é republicar quando a Casa das rosas volta à minha rotina de procurar espaços significativos da minha São Paulo e principalmente quando ela me oferece momentos de música. Nesta sexta feira 06 de outubro de 2017 voltei a caminhar pelos jardins da Casa das Rosas porque era nesse jardim que haveria em um intermezzo entre manhã e tarde com música oferecida pelo LAMUC – Laboratório de Música de Câmara do Departamento de Música da ECA-USP. Nota - Nos aproximadamente 100 concertos anuais org