Postagens

Mostrando postagens de 2014

TERMINANDO O ANO COM ARTE

Imagem
Na última semana do ano me ocupo em finalizar itens começados e montar a pasta do semestre que neste ano recebeu o nome de NEUZA 2014 –B. Fico centrada nas reuniões de família, comidas, visitas, votos…. Minhas atividades intelectuais ficam devagar, quase parando.
Mesmo assim tínhamos a intenção de ir à Pinacoteca visitar a exposição do Ron Mueck de quem acompanho o trabalho há pelo menos 10 anos. Filas quilométricas, confusão de gente na entrada impossibilitou até que chegássemos e tentássemos uma entrada privilegiada para deficientes físicos como eu (tenho cartão). Desistimos.
Aproveitamos para uma voltinha pela cidade relativamente vazia no dia seguinte ao Natal e acabamos no shopping, também cheio (conseguimos parar no quarto piso e mesmo assim a custa do meu cartão de deficiente. 
Como sempre acabo em uma livraria. Atração irresistível. Ligada pela resenha lida em um jornal, com visual atraente, lá estava o livroJUDAS de Amós Oz recém lançado. Não conheço nada do autor a não ser que …

RELAÇÃO "VAPT VUPT" DO QUE FIZ NESTE ANO

Todo ano faço a retrospectiva anual completa que me ocupa semanas desde a coleta de dados nas agendas e diário até a produção do texto com comentários. Começo sempre no início de janeiro. Precisei de uma lista rápida do que fiz em 2014 e então elaborei esta relação como um resuminho de coisas grandes que fiz neste ano.
Foram ao todo 17,8GB de trabalho – em 426 pastas e 8703 arquivos.
 - Logo no começo do ano o ‘affair” EXUMAÇÃO – DOAÇÃO para dar de novo visibilidade ao Ayrton e para que ele continuasse a exercer sua cidadania mesmo já não pertencendo ao nosso mundo.  - Terminei a duras penas SEIS GERAÇÕES ENCONTRAM SUA HISTÓRIA.  –encadernação básica. Á espera de encadernação mais estética.  - Cheguei aos 500 textos para o Blog – desde março de 2008  - Relatórios continuados sobre minha ARTROSE PÉLVICA  - Maior envolvimento com Arte – Adão e Eva através da Arte -  Arcimboldo,  Munch e Ron Mueck  - Banca de defesa de especialização de Milton Baungartner. Pela primeira vez em 84 anos.    -  N…

Livro: A GLETTE, O PALACETE E A UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

Imagem
Parafraseando Camões: 
“Sete anos de pastor Jacob servia...” “Sete anos (mais um) o livro levou para ser feito”
Nasceu catálogo, foi crescendo e virou livro.
Equipe pequena, mas plenamente envolvida.
No começo éramos Cesar, Vilela, Angélica e Neuza. Depois entrou Viktoria, Cesar voou para outros mundos.
Cesar sempre foi e continuou a ser nosso guru, nosso líder, o mentor que nos mostrava os caminhos. É dele a maior contribuição. Onde estiver, sua presença sempre foi e será sentida.
Vilela e Viktoria cuidaram de não deixar a linha acadêmica sair do foco. Seus textos são exemplares.
Angélica foi a que mais trabalhou nas burocracias, na organização, na amarração dos textos. Incansável. Neuza, vinda dos idos de 1951 foi só memória.
Fazendo parte das comemorações dos 80 anos da Universidade de São Paulo, o livro será lançado no dia 12 de dezembro de 2014. Segue convite. 

A ARTE CONTEMPORÂNEA REALISTA DE RON MUECK

Imagem
Suas obras estão expostas na Pinacoteca da cidade neste novembro de 2014. É a vedete das artes plásticas pela monumentalidade de suas obras, pelo hiper-realismo de suas fisionomias. Vale a pena serem vistas Mas, eu acompanho a trajetória de Ron Mueck há muitos anos, desde as primeiras que me impressionaram mesmo. A “Mulher Grávida “com sua expressão de cansaço, ansiedade, medo, passa uma emoção de maternidade aguardada como eu nunca tinha visto. O Big Man é o retrato de uma solidão. E por ai vai. Nesta mostra estarão obras mais recentes, igualmente diferentes e importantes e infelizmente aquelas não estarão aqui. E dificilmente podemos ver a facilidade com que Ron Mueck passa da forma gigantesca (Big Man, Boy) para a miniatura (Pai morto). Essa foi a razão que me levou a montar este texto e tornar possível de uma vez tomar conhecimento da maioria das obras desse australiano  que não é ainda famoso como um Michelangelo, Da Vinci ou.......mas,    certamente ficará para a posteridade.
RON MU…