Postagens

DIÁRIO DO MEU ISOLAMENTO – PARTE 7

De pois de escrever seis partes do meu isolamento – do dia 13 de março até 30 de setembro – mais de seis meses, resolvi organizar melhor essas anotações. Vou agrupar por atividades: Rotinas – Atividades Domésticas, Atividades profissionais, Cursos -Relações com amigos.......   ROTINAS – são rotinas e continuam rotinas. Não mudam porque são necessárias para começar o dia. principalmente o “bom dia” para quem estiver na portaria, para garantir que sobrevivi à mais uma noite. Ginástica é necessária porque não saindo de casa ando menos que precisaria e preciso preservar minha mobilidade. Agora nas terças feiras com Doralice voltando aos poucos posso passar um dia na semana totalmente ligada ao meu trabalho. Pagamentos são os rotineiros sempre feitos virtualmente.   ATIVIDADES DOMÉSTICAS – na cozinha todo dia Às vezes perco a paciência e deixo louça acumular. Mas prefiro não.  E estou sempre com as mãos na água. E reservo um dia só para cozinhar coisas que podem ficar no freezer sep

UM LIVRO - A BAILARINA DA MORTE

Minha compulsão por leitura continua e está mais sentida nestes tempos de Pandemia e de Isolamento Social. Com o fantasma da Covi-19 rondando, minhas leituras foram mais centradas em assuntos mais focados. A minha formação biológica me leva a revistas especificas como PESQUISA da FAPESP e títulos como PANDEMIAS, -A HUMANIDADE EM RISCO e.... mas nenhum chegava até a nossa época e à nossa realidade. Quem eu acompanhei sempre foi Yuval Noah Harari, mas sua visão é abrangente em termos globais, até o ultimo NOTAS SOBRE A PANDEMIA -artigos e entrevistas. Mas eu precisava de algo mais completo não acadêmico demais, mas o suficiente para satisfazer minha formação e minha necessidade. Recebo muitas mensagens no meu e-mail e no dia 14 anotei na minha agenda: da Companhia das Letras – Live de Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling sobre o lançamento do livro A BAILARINA DA MORTE -a gripe espanhola no Brasil. Acompanhei cada palavra na Live e entendi que era tudo o que eu precisava e que

DIÁRIO DOMEU ISOLAMENTO - PARTE 6

  Começando o mês de setembro, pelo menos um mês mais simpático.  As rotinas continuam praticamente as mesmas porque são necessárias para uma primeira atividade do dia. Nem repito. Só que para assegurar um pãozinho fresco de manhã, mesmo com uma padaria vizinha, tive que apelar: pedi ao Raimundo o funcionário da limpeza que está dormindo aqui nesses dias de pandemia, que pegasse para mim um pãozinho e  mais um para ele e outro para o porteiro do dia. Assim, não estou abusando dele. Continuo fazendo pipocas à tarde para quem estiver na portaria. Paula continua fazendo minhas compras, mas ficou meio afastada por problemas de uma possível contaminação em sua família de quatro pessoas. Mas todos foram testados negativos e tudo voltou a estar bem. Deveria ficar mais tempo fazendo companhia para a Circe minha vizinha de frente, mas  tenho que fazer  visitas picadas por conta do cigarro  que me faz muito mal.  Mas, me esforço para dar uma chegada o máximo de vezes possivel.  Do prédio não vej

DIÁRIO DO MEU ISOLAMENTO PARTE 5 C - 21/08 a31/08

  C omeço este período com chuva e frio. Me livro um pouco dos meus compromissos domésticos com a vinda da Doralice e aproveito redigir o Diário do Isolamento Parte 5 B – e publicar. Faço alguns pagamentos e dedico tempo para organizar o ppt para as aulas de Resgate de Memória em versão reduzida. Curto o frio que aqui no ap. vendo os seriados que gosto NCSI, Mentalist, Acostumo com as fisionomias, sigo seus perfis e acabam por ser uma companhia descompromissada, mas sempre interessantes pelos lugares onde acontecem suas aventuras, os raciocínios e uma tecnologia pra lá de moderna.    E, a não ser Paula que continua me trazendo compras de super mercado, eu não saio e não entra ninguém aqui. E então, a visita de Telma e Ana Lucia foi um “acontecimento.” Chegaram pelas 16h porque compraram muita coisa para Ana Lucia cozinhar aqui. O prazer de acompanhar o.  “fazer” de uma refeição toda ela natural, sem nada de conservantes e caprichada, molhinhos para aperitivos   uma abobrinha coberta co

DIÁRIO DO MEU ISOLAMENTO – PARTE 5 -B -de 11/08 A 20/08

  Acho que começo essa parte com piadas presidenciais: um deles criou um departamento público específico para cuidar de Gatos e Cachorros e outro quer trocar a Groenlândia por Porto Rico. Pode???????? Para rir mesmo. Nesta parte B do meu diário de Isolamento Parte 5, algumas   rotinas continuam as mesmas, com pequenas   variações. Já não repito higienização de toda a casa sistematicamente. Espero pela Doralice. E quando ando pela casa, sempre acho coisas fora do lugar, coisas que deveria ter feito e não fiz. Pequenos detalhes como vigiar para que as frutas não amadureçam além do desejado e se percam. Alimentos esquecidos que perderam a validade, falta às vezes de coisas essenciais como Sal por ex. Gasto muito tempo em resolver problemas burocráticos como ineficiência de administradora, que insiste em cobrar o que já foi pago e insiste em mandar faturas em nome de quem já saiu deste mundo há 20 anos. Renovação de assinatura de jornal, contatos com imobiliárias para a venda do apar

DIÁRIO DO MEU ISOLAMENTO - PARTE 5 -A

  DIÁRIO DO MEU ISOLAMENTO – PARTE 5 - A     São tantas as coisas que acontecem em meu isolamento que resolvi fazer esse Diário nº 5 dividido em 3 partes : dos dias 1 a   10 – 11 a 20 e 21 a 31. Diário é registro   em detalhes e é isso o que faço. Comecei o mês cuidando da casa porque Doralice só vem de 15 em 15 dias e embora esteja eu, e só eu aqui e não entre ninguém, a poeira se acumula. Como não posso fazer tudo de uma vez, nos intervalos faço coisas profissionais como entrar em contato com a turma dos Resgate de Memória para lembra-los sempre sobre suas tarefas.   Pelo Zoom no grupo Escrita Criativa AMAPOLA, mas avisei que seria apenas uma observadora não fazendo os exercícios propostos a não ser em minha cabeça. Mas, falou-se sobre Descrição, Narração, Escrita por vários pontos de vista, “Colagem”   no meio do texto...... e perdi a última reunião   porque perdi a hora e não consegui entrar; o   tema foi Fotografia   (fazer dois textos a partir de uma fotografia , em dois po