quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Comemorações no mês do folclore em São Paulo

Margarete é uma amiga querida que escreve muito, muito bem.E muitas vezes tenho "roubado" dela  alguns textos. Aviso e ela me autoriza. Hoje vai um texto que mostra muito conhecimento, cultura, e vontade de divulgar coisas importantes. Se quiser  conhecer outras  produções dela use o link  http://margaretebarbosa.wordpress.com.  Tem coisas de uma sensibilidade  única.
Aqui vai
"O violeiro" de Almeida Jr-pintura em óleo sobre tela - Pinacoteca do Estado de São Paulo

No dia 22 de Agosto é comemorado o 'dia  do folclore', e sabemos que o Brasil tem uma riqueza cultural fantástica. Cada região do país e cada estado tem muito a contribuir com a cultura popular.
A cidade de São Paulo comemora o mês do folclore com um programa de eventos, cujo título é  ‘Agosto Caipira’. E sobre o termo caipira, temos a seguinte definição:
O termo caipira (do tupi Ka'apir ou Kaa - pira, que significa "cortador de mato"), é o nome que os indígenas guaianás do interior do estado de São Paulo deram aos colonizadores brancos, caboclos, mulatos e negros.
O termo caipira teve sua origem e é utilizado com mais frequência no Estado de São Paulo. Em Minas Gerais é capiau (palavra que também significa cortador de mato), na região Nordeste, matuto, e no Sul, colono.
Fonte:  site da Prefeitura de São Paulo - Sistema Municipal de Bibliotecas.
Para saber a programação do Agosto Caipira, basta clicar aqui e poderemos encontrar diversas atividades em diversos lugares, como: parques, bibliotecas e pontos de leitura.
Gostaria de destacar algumas atividades desse programa.
Inicialmente gostaria de destacar o evento Viola, fogueira e rastapé com o músico Jackson Ricarte, que trará canções que marcaram a história dos  folguedos.  O violeiro também fará um bate-papo contando causos e falando sobre a cultura caipira. Esta apresentação será na Biblioteca Malba Tahan, nodia 23 às 14h, e também na Biblioteca Anne Frank, no dia 27 às 14h30.
Outra sugestão que faço é sobre  contação de histórias, e no "Agosto Caipira" temos vários contadores. Destaco aqui as Histórias caiçaras, com a contadora Mariza Santos, que fará um mergulho no universo caiçara de Ubatuba com histórias que falam da serra e do mar. A apresentação acontecerá na Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato   no dia  26 às 9h e 14h30; naBiblioteca Aureliano Leite,  dia 27 às 14h e na Biblioteca Raul Bopp, dia 28 às 11h. Outro destaque para a contação de histórias Histórias contadas para serem ouvidas, com Thaís Póvoa e Bruna Machado, com destaque para os  contos tradicionais populares do Brasil e do mundo. As contadoras se apresentarão no  dia 28/08 às 11h no Bosque da Leitura Parque Cidade de Toronto.
Iniciei a postagem com a imagem da pintura: "O violeiro" , do artista plástico paulista José Ferraz de Almeida Júnior.  Sabe-se que Almeida Júnior foi o primeiro artista plástico que incluiu em suas obras a vida do homem do povo. Essa e outras  obras podem ser vistas e contempladas na Pinacoteca do Estado de São Paulo e no Museu de Arte de São Paulo (MASP).
Gostaria de lembrar de um artista que muito tem contribuído para o folclore e para a cultura caipira e sertaneja: é o paulista Rolando Boldrin.  Boldrin é ator, compositor, violeiro e contador de 'causos'.  E é para ouvir um de seus 'causos' (inspirado em Rubem Alves) que eu os convido para acessar o vídeo abaixo:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Q0hSQWpuqRc&feature=related]

Para finalizar, trago um desenho de Maurício de Souza, com sua releitura do quadro " O violeiro", de Almeida Júnior. Dêem só uma olhadinha:
Um abraço!


  

2 comentários:

Paulo disse...

Olá, estou seguindo o teu blog! Segue o meu tmb por favor!

http://cinesupremo.blogspot.com/

Célia disse...

Oi vovó Neuza! Estava sentindo sua falta na blogosfera!! O resgate das tradições, como o folclore é um aprendizado às novas gerações! Parabéns pelo texto! Abraço da Célia.