sábado, 16 de abril de 2011

PAINEIRAS E MARITACAS

Já escrevi sobre as PAINEIRAS do jardim do meu prédio, já escrevi sobre as maritacas, pequenos pássaros que visitam essas paineiras.
Neste ano a floração das paineiras foi anômala. Um dos ramos apresentou flores antes do esparado, enquanto parte da árvore estava ainda verde com botões esperando a hora de abrir.

                                             A "minha" paineira com o ramo florido

                                                     As flores da paineira

Aos poucos os botões foram abrindo, mas muito devagar, não como tem acontecido quando uma explosão de floração até assusta.
De qualquer maneira, basta haver flores para que as maritacas apareçam aos bandos e com seu barulho ensurdessedor voam sobre a copa atacando as flores que tem suas corolas derrubadas e o ovário “arrombado” e os óvulos estragados.

Flor da paineira- orgãos reprodutores e cinco pétalas

                                           Flores caídas por ação das maritacas

Quem são as MARITACAS?

A maritaca pertence à família dos Psitacídeos, a mesma dos papagaios e das araras. Por isso, a semelhança entre as aves é tão aparente, embora se diferenciem pelo tamanho e coloração das penas. A espécie mais comum das maritacas é a Pionus maximiliani (Maitaca bronzeada) que apresenta penas verdes enegrecidas na cabeça, bico amarelado e pode atingir até 27 centímetros na fase adulta.

Para subir na copa das árvores – local ideal para encontrar os frutos dos quais se alimentam – as maritacas utilizam o bico de apoio, como se fosse um terceiro pé. As aves são atraídas por árvores frutíferas como mangueiras, paineiras, jabuticabeira, goiabeiras, laranjeiras e mamoeiros, mas mais do que a polpa das frutas, as maritacas adoram as sementes e as quebram com a ajuda do bico forte.

O sexo da maritaca não é visível. Seu órgão sexual é interno e, por isso, para descobrir se uma maritaca é macho ou fêmea é preciso realizar exames precisos, como o que analisa o DNA.
O acasalamento entre as maritacas ocorre de agosto a janeiro e as aves põem de três a cinco ovos, geralmente.
                                                                 Maritaca
                                                   Bando de Maritacas

Por ação das maritacas a grama do jardim nessa época fica cheia de corolas e já então se espera que os frutos sejam poouco numerosos


8 comentários:

GUIDA disse...

Dona Neuza Guerreiro de Carvalho, foi com muita admiração que achei seu blog, dentre de tantos, ele me escolheu.
Lendo suas versões desde o ano de 2008, aprendi a ver uma pessoa interassantíssima por trás de seu blog, que não deixa de ser também.
Vou "seguir" seu blog mas quero desde já deixar minha admiração à sua pessoa.
Mais uma fã

Margarida Maria Barata da Costa Marques (que diferente de si prefere ser chamada de simplesmente Guida)

Jonathan Pereira disse...

Olá Neuza,

Achei seu blog relacionado em uma notícia do UOL e decidi vir até seu espaço virtual. Parabéns pela iniciativa, ver pessoas de épocas onde mal havia telefone usando ferramentas de 'garotada' é muito gratificante, agregando sabedoria, histórias, simplicidade, leveza e tranquilidade nesse mundo onipresente.

Convido a visitar meu espaço: http://oteatrodavida.blogspot.com, será uma prazer recebe-la.

Abraços,

Célia disse...

Olá Neuza! Lendo UOL achei você! Estamos no mesmo barco! Também adoro ler,escrever, ouvir músicas clássicas, de preferência... Tv não me atrai muito. Um bom papo tipo filosófico, meditar e curtir a natureza! Parabenizo-a pelo seu blog. A ferramenta tecnológica entrou em minha vida quando lecionava e depois assessorava pedagogicamente em um colégio. Amei de tal forma que não me separo jamais! Faz parte do meu DNA. Visite-me. Terei imenso prazer!Abraço, Célia.
http://celiarangel.blogspot.com

ClaudiaB disse...

Dona Neuza- moro longe do Brasil, assim como sua filha, e no momento estou com tanta saudade de Sao Paulo que ate' doi. Passei horas muito agradaveis lendo seus textos tao marcados pela cidade - e reflexivas tambem. Muito obrigada. Um abraco, Claudia. - clnbyarrobayahoopontocom

Tania Aires disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tania Aires disse...

Dona Neuza Guerreiro de Carvalho,
Estou encantada com o seu blog e com a sua pessoa. A senhora é um belo exemplo de como devemos encarar a vida: vivê-la intensamente e da melhor maneira possível. Meus parabéns pela sua iniciativa e vida longa!!!

S disse...

Olá, dona Neusa...
Já tinha passado por aqui antes e cheguei a postar mas como 'anônima', me perdoe por isso...
De vez em quando passo aqui pra ler, e sempre me emociono com sua narrativa envolvente e sensível...
Amei seu relato sobre seus 'aniversários', e tbm este último sobre as paineiras e as maritacas. Brilhante sua maneira de mesclar informações com suas impressões pessoais, fica MUITO gostoso de ler...
Não publicarei meu email no comentário(porque fica visível a qualquer pessoa que quiser) e não sei se ele aparecerá pra vc se eu publicar como 'conta do google'.
Vou procurar aqui no seu blog algum email seu pra fazer contato...
Com carinho lhe desejo muitos e muitos anos de vida com saúde. Que Deus te abençoe!!
Bjs
Sara

C.J. disse...

Faltou comentar do quanto as maritacas são barulhentas! Tínhamos uma paineira aqui em casa e era uma festa só. :)