quarta-feira, 3 de julho de 2013

CANTO LIVRO - o que é e como funciona


Ainda não conhecia. Deveria conhecer. Procurei durante muito tempo alguma coisa parecida e acabei encontrando sem querer em um sarau para o qual fui convidada. Interessei-me, procurei saber detalhes e resolvi divulgar porque é um projeto cultural bem orientado e bem apresentado.
Foi então que resolvi escrever alguma coisa sobre eles. Aqui vai:


CANTO LIVRO


APRESENTAÇÃO

O Projeto CANTO LIVRO DE LITERATURA E MÚSICA consiste na apresentação de shows temáticos e oficinas com principal enfoque em autores brasileiros ou de língua portuguesa, onde a narrativa dos textos é permeada por canções afinadas com a temática do autor em questão.
A música e a narração de textos encadeados em um roteiro possibilitam que o livro saia da estante, fazendo da leitura uma experiência viva, emocionante e interativa.

CANTO LIVRO é um projeto de sensibilização e incentivo à leitura, que visa atender aos amantes da literatura, estudantes, educadores e leitores em geral.

IDEALIZADORES
Jean Garfunkel
Poeta,cantor, compositor e publicitário. Durante mais de dez anos trabalhou como assistente de direção da atriz e diretora Myriam Muniz, e compôs várias trilhas para teatro.
Integrante do grupo de estudos sobre a obra de Guimarães Rosa do Instituto de Estudos Brasileiros da USP, que detém o acervo do autor. Realiza oficinas e palestras sobre musica e literatura em bibliotecas, livrarias e espaços culturais. Como letrista trabalhou com parceiros ilustres como: maestro Júlio Medáglia e o violonista Yamandú Costa.

Joana Garfunkel
É também psicóloga estudiosa da obra Grande Sertão: Veredas. Autora da tese Sentida e Significada em Grande Sertão: Veredas, vencedora do XII Prêmio Aniela Ginsberg em 2002, no mesmo ano participou de duas oficinas para contadores de histórias em 2003, Desde então vem desenvolvendo seu trabalho como contadora de histórias em diversos âmbitos.

REPERTÓRIO CANTO LIVRO

“O Sertão na Canção” / João Guimarães Rosa
“Tecendo estórias” / Marina Colasanti
“O Fio das Miçangas”/ Mia Couto
“Estórias de mulher” /Clarice Lispector
“Amores insólitos”/ Moacir Scliar
“O Bruxo do Cosme e Velho”/Machado de Assis
“Jorge Amado Amor e Mar” / Jorge Amado
O Som dos Meninos Quietos / João Guimarães Rosa (espetáculos para criança

ALGUNS EXEMPLOS

 Manuel Bandeira – “Vou-me Embora Pra Pasárgada”

Com músicas de Villa-Lobos, Tom Jobim, Jean Garfunkel e Natan Marques, o Projeto Canto Livro de Literatura e Música apresenta Vou-me Embora Pra Pasárgada.
Uma viagem literária pelo universo lírico do poeta pernambucano Manuel Bandeira, que revolucionou a estética da poesia brasileira com poemas como ‘Desencanto’, ‘Evocações do Recife’ e ‘Cartas de Meu Avô’, dentre outros, influenciando toda uma geração de poetas nacionais do modernismo até os dias de hoje.
Vinicius de  Moraes -  Para Viver um Grande Amor

Vinícius de Moraes, o diplomata da canção brasileira que tirou a poesia de dentro dos livros e bibliotecas para colocá-la na boca do povo e acrescentou às letras do nosso cancioneiro uma qualidade lírica até então inusitada.
Vinicius Canto Livro em Para Viver um Grande Amor, apresenta Vinicius em todas as suas facetas: o homem,o poeta, o amante, o compositor.
Este roteiro, além de apresentar Vinicius de Moraes ao lado de grandes parceiros como Tom Jobim, Baden Powell, Chico Buarque e Carlos Lyra, inclui duas composições de Jean Garfunkel que homenageiam ao poeta.
João Guimarães Rosa - O Sertão na Canção – inspirado em Grande Sertão - Veredas
A partir de 2005, Jean Garfunkel passa a viajar anualmente para Cordisburgo (terra natal do escritor) e integra o Grupo de Pesquisa e Estudos sobre a vida e obra de Guimarães Rosa, do IEB (Instituto de Estudos Brasileiros da USP), que detém o acervo do autor.
Do resultado dessa pesquisa nasceu o projeto “O SERTÃO NA CANÇÃO” que consiste numa sinopse cantada do romance Grande Sertão: Veredas, obra máxima de J.G. R, narrada através de canções que contam, os pontos cruciais da trama dispostos em ordem cronológica, compondo um resumo cantado da história.
O Sertão na Canção proporciona ao ouvinte que não leu o romance um primeiro contato com a obra, com o objetivo de levá-lo à leitura. Já o ouvinte leitor reconhecerá nas canções os momentos mais emocionantes e decisivos do livro.
"O Sertão na Canção” é uma viagem pelo sertão “roseano” através dos atalhos da oralidade e da canção brasileira, traços essenciais de nossa identidade cultural. Para uns, um convite e um estímulo para conhecer um mundo novo; para outros, a possibilidade e o privilégio de revisitá-lo. Um incentivo à leitura ou releitura da obra
Informações complementares:
 Redes Sociais

Investimento
- Depende de elenco de músicos, do local, do perfil do evento e público estimado. Sendo assim, não há um valor único fechado ou tabela.

Estes que estão comigo são JOANA a filha e JEAN o pai.


Nenhum comentário: