sábado, 19 de abril de 2014

MORRE GABRIEL GARCIA MARQUES – GABO PARA OS AMIGOS


Dos escritores sul  americanos o colombiano Gabriel Garcia Marques é um os meus preferidos. Como é da minha geração a identificação é mais fácil.

Nos últimos meses, semanas e dias acompanhei seu final e motivada reli algumas obras suas. Tenho quase todas, em encadernações simples que já estão amarelas, ruins de tanta manipulação.

Há mais de 20 anos li CEM ANOS DE SOLIDÃO mais de uma vez. É difícil acompanhar as gerações abordadas porque os nomes são sempre os mesmos.

Para  conseguir compreender melhor a trama toda fiz, à mão o que eu chamo de “minha primeira árvore genealógica”. Guardei sempre o original dentro do livro e hoje a recuperei. Digitalizei e com valor histórico para mim a estou publicando aqui.

Alguma coisa diferente sobre Gabo  junto com as centenas de abordagens biográficas que aparecem e continuarão a aparecer por um bom tempo  procurando reter o mais possível a lembrança  do escritor.

Aqui vai o gráfico que montei para meu melhor entendimento.





Um comentário:

Alba Benito disse...

Olá Neuza! Mais alguma coisa em comum: apreciamos Garcia Marques! Obrigada pela "árvore genealógica"! Muito útil! Um abraço.
Alba Benito (filha do Rubens do Paulistano e fui aluna da Ecléa na Psico)