segunda-feira, 2 de março de 2009

UM BLOG VINDO DA ITALIA (meu blog neto)

Em falta comigo mesma. Há um ano escrevendo, absteceendo o Blog e não escrevi nada especificamente sobre minha família. Tem explicação? Não sei. Tudo tem seu tempo, sua hora e sua vez. Ainda não é agora, mas não demora.

Hoje só um “trailler”. Tenho dois filhos: Flavio com 54 anos e Jurema com 51 anos. Tenho quatro netos; André com 24 anos, Bruno e Tiago (gêmeos) com 23 anos e Victor com 21 anos.

Jurema, o marido Oscar e o filho André com a mulher moram na Itália;

Victor mora em São Roque e a família do Flavio mora aqui em São Paulo.

Agora, um pouquinho só de Jurema para introduzir o assunto: é geógrafa pela USP, escreve muito, estuda bastante por lá, mas não encontra emprego adequado porque é mulher, tem 51 anos e é brasileira. Faz então o apoio logístico da família.

Mexendo com Photoshop resolveu montar um Blog e é ele que estou divulgando. Acessem e comentem.

Diz ela: “Fiz alguns trabalhos em Photoshop. Algumas citações, uma mistura italo-brasileira”

O endereço é http://fotosfatosfatosfotos.over-blog.it/

Se os Blogs que escrevo são meus "filhos" este é meu blog "neto".

4 comentários:

Eduardo Freire disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo Freire disse...

Linda reflexão Vovó. Não cansa de nos surpreender com sua sensibilidade e doçura. Vou visitar o blog neto, e continuo assíduo deste blog mãe. Parabéns mais uma vez. Um forte abraço.

Professor Jornalista Eduardo Freire.

PS.: Ainda não desisti. Desejo entrevistá-la para o meu blog REPÓRTER SEM FRONTEIRA. Este, talvez, também um blog neto, pois tenho idade equivalente a de seus netos. Obrigado Vovó.

fotos disse...

Meu nome é Odilon vi agora na tv, lindo que Deus abençoe e que animo a todos nós para que tenhamos mais força e animo na vida, obrigado
odilon

andre disse...

Provavelmente o fato de ter 51 anos pesa para que consiga arranjar emprego! Cá em Portugal, imagine só dão emprego às pessoas até aos trinta e tal anos!

Mas a sua filha já tinha ficado desempregada?!

Muitas vezes acontece que uma pessoa com 50 anos ou mesmo quarenta e tais que tenha muitas habilitações e muita experiência é factor determinante para a entidade patronal não empregar a pessoa. Dai ser natural que, desculpe usar a expressão, considerem uma mulher de 51 anos velha para ocupar um cargo ainda pra mais quando querem sobretudo gente jovem que acaba de estudar e recebe em condições mais precárias é a consequência da crise. Mas realmente é pena, pois a reforma só pode ser atribuída a partir dos 65 anos (se deus quiser, quando a sua filha atingir essa idade a senhora ainda estará viva e poderá ajuda-la), mas ao mesmo tempo se uma pessoa aos 40 fica sem emprego dificilmente conseguirá voltar a ter emprego, quanto mais se a pessoa tem 50 anos ou até mais! MAs alguma coisa há de se arranjar e há de correr tudo bem