domingo, 3 de maio de 2009

NOSSA VIDA COM CACHORROS - 1

Nunca fomos muito cachorreiros. Não me lembro de nenhum cachorro na casa de Ayrton.

Eu, de certa forma, sempre convivi com cachorros da família de minhas tias paternas que durante toda vida tiveram cachorros.

Eu mesma, quando solteira, só tive um cachorro, no sobradinho da Lucas Obes, mas era mais de meu pai e de minha mãe, porque eu estudava fora o dia inteiro e não era de muito achego. Essa era a Lady. Acho que chegou até nossa casa por meu primo Aírton, que, era quem abastecia a família de cachorros.

Lady viveu no sobradinho, onde costumeiramente pulava pela janela de meu quarto e ficava em um telhadinho durante horas, apreciando o movimento. Foi depois para a Av. Dom Pedro e chegou a vir para a Lapa, no apartamento de meus pais. Era pretinha, pequena e de pelo curto. Ficou velha, doente, e em uma das viagens de meus pais ela ficou em um hospital e acabou sendo sacrificada quando estava no fim. Meus pais a levaram para ser enterrada em um cemitério de cães.

Passamos anos sem cachorro.

Quando fomos para a rua Caativa, casa grande e quintal grande, chamava por cachorro. . Não sei quem nos deu um cachorrinho fox branco com manchas preto, pequeno, pelo baixo, malandro, simpático, tarado. Era o Qüem Qüem.

Sorrateiramente escapava pelas grades, principalmente se a cadelinha de frente o chamava, toda dengosa. E iam os dois, pelo mundo a fora, nas ruas mais livres do bairro (Nessa década de 60, muitas ruas do bairro ainda nem eram calçadas). Passavam dias desaparecidos. Quando Qüem Qüem voltava, vinha vermelho de barro. Ia se chegando aos poucos, punha primeiro a cabeça, pelo lado da casa. Se a recepção fosse boa, aparecia o resto do corpo, todo sem vergonha, abanando o rabo. Tinha que tomar banho para voltar à cor primitiva. Passava uns dias calmo, sem sair, descansando e refazendo forças para novamente repetir tudo.

Mas era tão simpático que a gente aceitava tudo. Flavio e Jurema com cinco e 8 anos, o adoravam.

Deve ter aprontado tantas, que alguém lhe deu “bola” envenenada e ele morreu nos degraus da escada de acesso à casa. A sua companheira morreu nas mesmas condições.

Na dúvida da “causa mortis” foram levados para o Instituto Pasteur, mas o atendimento demorou, a dúvida continuou e na hipótese pouquíssimo provável que fosse hidrofobia (a gente tinha quase certeza que foi veneno), tivemos que tomar vacinas anti-rábicas durante 15 dias em injeções sub cutâneas na barriga, duas vezes por dia. Todos os seis (Maria nossa ajudante se recusou a tomar e não lhe aconteceu nada).

Na hora do almoço era um ritual. Eu já esperava Ayrton com e seringas fervidas (não havia ainda as descartáveis), e ele aplicava as injeções em nós seis: meus pais, nós, Flavio e Jurema. Quando a reação local estava mais ativa, com inflamação maior, era a hora da segunda dose do dia, no fim da tarde. Era um tormento. Ayrton conservou marcas na barriga até o fim da vida.

O trauma das crianças foi grande e desistimos de cachorro durante algum tempo.

Meu pai tentou trazer uma cachorra enorme, Princesa, mas ninguém quis. Já era adulta e não foi simpática.

Tínhamos resolvido não ter mais cachorro por causa do sofrimento das crianças pela falta do Qüem Qüem, e nossa, pelas vacinas.

Mas, as crianças estavam tão desoladas que aceitei um cachorro dado por uma aluna. Nem sei de que raça era (devia ser lobo) Já era meio crescido. Chamava-se Pongo e era uma fera. Bravíssimo. Minha mãe é que cuidava da comida dele, mas só deixava seu prato com ele preso e gritava: “Pode soltar”. Enquanto ele comia, fechava a porteirinha que tinha no fundão da casa. Na frente da cozinha, ainda era terra e ele sujou toda parede de tanto latir e pular. Quase comia a mão do padeiro quando ele deixava o pão. Qualquer coisa que caísse no chão ele comia: bombril, botão... Uma vez entrou na copa, atacou um cacho de banana e tivemos que fechar as portas porque ele só acalmou quando não restava nada do talo. Não agüentamos e o demos para o padeiro, que o levou para seu sítio como guarda.





46 comentários:

Anônimo disse...

Acabei de ve-la na Record! Parabéns pela força que tem de vida!

Roberto Sena
www.digerindo.com

Marília Oliveira disse...

Oi Neuza! Eu sou a Marília da TV Globo. Entrei em contato com vc no mês passado e não estou encontrando seu e-mail. Por favor me escreva no marilia.oliveira@tvglobo.com.br para conversarmos sobre uma entrevista. Obrigada!

Jorge E.Cardoso Rocha disse...

parabéns para a sr. com tanta felicidade e disposição abraços

MadaChaves!!! disse...

Ola dona Neuza,boa tarde.Estou aqui me deliciando com seu blog,quero dar-lhe os parabens,por tantas atividades,em pleno goso de seus 79 anos.Estava assistindo o jornal e não tive como deixar de visitar seu blog,sou mineira,aqui de Juiz de Fora,e sou uma blogueira
assumida,não taõ culta como a senhora,mais me divirto bastante na internete,um grande abraço!!!

"Fine Biscuit" disse...

Olá vovó Neuza! Eu assisti a uma reportagem sobre a senhora na Record e gostaria de parabenizá-la!
Passarei a seguir o seu blog, pois, estou adorando tudo!
Fique a vontade para seguir o meu também.
Abraços!

Ana Luiza disse...

Olá "vovó" Neuza...PARABÉNS por ser assim! Que Deus abençoe muito a sra. Amei o seu blog...tudo que a sra. escreve é lindo!!! beijos e fica com Deus. Meu e-mail é ana_lu21@yahoo.com.br

Arnaldo disse...

Olá Vovó Neuza
Me igualo aos outros "comentaristas" por tê-la visto na TV; e, ao mesmo tempo, me diferencio por 2 fatos: o de quase aos 40 morar com minha avó...mãe: Vovó Lúcia (89 anos), e por ter desenvolvido 1 projeto no Mestrado da Universidade Federal do Ceará q tratava de um genero textual - pouco ou nada conhecido - denominado "Memorial" - genero q inclusive provoca debates bem acalorados na "Academia". Qdo li, no seu blog, a coluna "Sou Assim", fiquei pensando em "perturbar" uns amigos profs meus e perguntar-lhes, após apagar "safadamente" algumas partes em q a sra. revela sua idade, se o q está escrito nesse "Sou Assim" poderia ser (ou mesmo à ©) considerado um Memorial?; e mais: se esse memorial falaria de uma pessoa "jovem" ou de alguém com "Longev/idade"? Pois se prestarmos atenção à s partes "GOSTO DE..." e "NÃO GOSTO DE..." eu e a sra. seríamos irmÃos para lá de univitelinos, para lá de tempo e espaço: uma anacronia, uma poesia solta!(esta, nÃo tem tempo e espaço, não é mesmo?).Vou levar esse seu Memorial "Sou Assim" para debate, objetivando "tocar" os cronologicamente envelhecidos pela desesperança...ou pela empáfia. FORTE ABRAÇÃO, A BÊNÇÃO. Arnaldo César A de Oliveira, Fortaleza, Ceará//arnaldo-cesar@bol.com.br

Danielle disse...

Olá, vovó Neuza!

A senhora é demais! Eu lhe vi na Record e fiquei fascinada ao saber que a senhora mantinha um blog! E agora estou vendo que são dois!! Obrigada por nos demonstrar que não existe idade para o que quer que seja - podemos tudo se tivermos vontade e dedicação, não é!
Sou professora de português. Vou linká-la aos meus alunos para que eles aprendam com a senhora!

Beijos
Danielle

Anônimo disse...

Neuza,
Que delícia ler suas histórias. E quem disse que você não é escritora!!! Parece que estou vendo o Pongo pulando. E você com seus cabelos grisalhos ao vento contando sua história. Você é demais. bjs. Etty

Roséli disse...

Olá Neuza ...
acabei de ver você na TV ... Parabéns pela garra !!!!
Adorei o blogue .. vou voltar mais vezes ...
bj

Sônia-SG-RJ disse...

Olá vovó Neuza...
Adorei conhece-la , exemplo de perseverânça, de garra e acima de tudo amor. Que Deus a abençõe a cada dia.
Vou voltar. bjs.

André Soares = Dehxter :) disse...

PARABENS ACABEI DE OLHAR NA TV GLOBO PARABENS QUERIA Q MINHA MAMIS Tivesse Essa Vontade.. Parabens

Visite Meu Blog Fechamos UMa Parceria Fike Com deus

meu blog:www.dehxter-downloads.blogspot.com

meu msn:dehxter@hotmail.com

qualquer ajudar q a senhora quiser me avise sobre blogs e tudo sobre a internet vlw abraços sucesso :)

Anônimo disse...

Estou vendo a Ana Maria Braga, e simultaneamente escrevendo esse comentário. Não resisti em comentar este exemplo de vida. Parabens com a sua sabedoria na arte de viver! Deus lhe forneça muita saúde e mente saudavel necessária para sua caminhada pela vida. Voce é realmente admirável e exemplar,
bjuzsx!
obs: alaizdeveza@oi.com.br
Alaiz Deveza

Anônimo disse...

QUE BENÇÃO ESTA VOVÓ , NÃO BLOGUEIRA E SIM GUERREIRA!!!!
SUA VIDA , SEU EXEMPLO... DEUS EM SILÊNCIO, MANDOU SUA MENSAGEM...DE FÉ, PERSEVERANÇA E VONTADE DE VIVER*
UM ABRAÇO AFETUOSO,
RENATA MESQUITA

maribrant disse...

Não a conhecia! A Senhora é diferente sim, não é como tantas outrs. Quando muitos estão preocupados com uma ruga ali, outra aqui ou com o botox,a Senhora está utilizando o nosso instrumento mais poderoso: o cérebro!E mais: utiliza as experiências e a sabedoria acumuladas.Como pessoas assim fazem falta no nosso mundo! Parabéns!

Marli disse...

Olá D.Neuza, continue com esta garra, vou tentar seguir seu exemplo, sou um pouco devagar. Um grande bj

vovoneuza disse...

Olá D.Neuza, há pouco estava assistindo ao Mais Você e fiquei muito atenta à sua entrevista,tanto que assim que acabou, corri para o computador pra acessar o seu blog.
Admiro muito pessoas assim, que encaram a vida com tanta simplicidade e entusiasmo, pois me acho um tanto receiosa de enfrentar a vida, que por muitas vezes não me foi favorável, e isso talvez tenha me deixado fragilizada,aos 36 anos fiquei viúva, e me identifiquei quando vc revelou que seu casamento foi completo, pois o meu tbm assim o foi,embora uma vida a dois muito breve, apenas 13 anos, mas o suficiente pra me deixar lembranças maravilhosas e eternas.
Talvez eu devesse seguir seu exemplo e transformar td isso em palavras através de um blog, pois tenho estórias incríveis de uma vida cheia de aventuras principalmente devido ao lugar em que vivi com meu esposo,praticamente no meio da floresta Amazônica, em Rondônia, onde não existia nenhum conforto,mas mesmo assim, foi mágico.
Bom, já me estendi bastante, que Deus abençoe essa maravilha de mulher que vc é.
BjOs
Nabia

Anônimo disse...

Olá D.Neuza. Acabei de ver a senhora na TV, e confesso que amei suas colocações, suas experiência de vida. Isso demonstra que idade é esta, de partilhar um pouco de experiência com outros.Contimue sempre assim. Bjos

Anônimo disse...

Olá D.Neuza. Acabei de ver a senhora na TV, e confesso que amei suas colocações, suas experiência de vida. Isso demonstra que idade é esta, de partilhar um pouco de experiência com outros.Contimue sempre assim. Bjos

agnaldo disse...

Acabei de conferir sua participação no Mais Você ,fiquei muito feliz em saber que a senhora pode ser exemplo para várias pessoas da melhor idade a voltar a ter vontade de viver e ter a certeza que pode fazer várias coisas na vida sdo que só ficar em casa ocioso!PARABÉNS e vou sempre te acompanhar aq pelo blog.

Andressa disse...

Neuziinha ;D
adoreeei sua entrevista na Ana Maria Braga . . vc estava ótiima eu particularmente adoreei vc , seu jeito, sua forma de lhe dar com a tecnologia de hoje, ahh foi o máxiimo.
continue sempre assim de bem com a vida e com muita alegria no coração ♥ beijos ;* (ahh e principalmente teclando muitoooo;)

Anônimo disse...

que prazer conhece-la. Estou atualmente me aventurando na internet. Vou seguir o seu exemplo de vida. beijos.

Anônimo disse...

parabéns Dn:NEUZA você e um exemplo de vida pra muitas pessoas que vivem reclamando da vida que tem.lhe desejo muitos anos de vida pra essa pessoas que possa ler seu blog vejam que a vida nao e tam dificil como eles pensam.
eu adorei ler sua história de vida......
xau

Érica disse...

Oii..Vovó Neusa.. estou aqui para parabeniza-la..pela mente e disposiçao que a sra tem..e quero tambem fazer um pedido..vi no programa Mais Você..da tv Globo..a sra falando que foi uma 'esposa amante'..tem alguma materia publicada sobre isso?Se nao tiver ..tem como a sra revelar alguns segredinhos sobre como ser uma mulher amante??..hehe..obrigada..

Larissa disse...

oi vovó neuza :D tenho 12 anos, fiquei doente e não pude ir à escola, e estava assistindo a ana maria braga. vi sua matéria, e achei muito interessante! Pra você vez como tudo tem o seu lado bom, se eu não tivesse ficado doente provavelmente não teria "conhecido" a senhora. A admiro muito viu? Só por essa reportagem que eu vi... A senhora deve ser uma vozona! vou mostrar o seu vídeo da ana maria braga pra mim vó! parabéns. e eu sei que a senhora deve ser muito ocupada, tem muitos fãns... kkkkk mas eu gostaria muito que a senhora me adicionasse no msn pra eu puder conversar com a senhora. :) larissinha_arruda_22@hotmail.com

Anônimo disse...

eu sou a Larissa que acabei de fazer um comentário. Esqueci de dizer que eu mostrei o seu vídeo pra minha mãe, ela também gostou muito. Disse que vai ser igual a senhora! E eu, quando crescer, também quero ser igual a senhora... aliás, a você! A senhora de idosa só tem idade, porque o resto... parabéns viu? Continue assim!

Larissa disse...

eu sou a Larissa que acabei de fazer um comentário. Esqueci de dizer que eu mostrei o seu vídeo pra minha mãe, ela também gostou muito. Disse que vai ser igual a senhora! E eu, quando crescer, também quero ser igual a senhora... aliás, a você! A senhora de idosa só tem idade, porque o resto... parabéns viu? Continue assim!

Anônimo disse...

VOVÓ NEUZA,PRECISO TE CONTAR, AO ASSISTIR O PROGRAMA DA ANA MARIA BRAGA,(QUE FOI SO O FINAL DA ENTREVISTA) , FIQUEI IMPRESSIONADA, PARABÉNS! EU TENHO 48 ANOS E AS VEZES FICO DESANIMADA ACHANDO QUE JA ESTOU VELHA, QUE O TEMPO PASSOU E NÃO FIZ NADA DA VIDA E QIE NÃO DA MAIS TEMPO FAZER AFINAL QUE JA ESTOU PRA LA DOA METADE DO CAMINHO DA VIDA, MA VENDO A SUA DISPOSIÇÃO E A SUA JOVIALIDADE, QUE LIÇÃO DE VIDA FICO ATÉ ENVERGONHADA DE UM DIA PENSAR ASSIM, GOSTARIA MUITO DE RECEBER UM E-MAIL SEU , NÃO POSSUO COMPUTADOR MAS NÃO VIA A HORA DE CHEGAR NO TRABALHO PARA TE DIZER ESTAS PALAVRAS, E EU QUE ME ACHAVA UMA PESSOA ALEGRE APESAR DE ACHAR VELHA MAS VOCE SUPEROU ISSO SIM É
O QUE SER JOVEM E ALEGRE MUITO OBRIGADA! PELO EXEMPLO, ME MANDE UMA MENSAGEM POR FAVOR MEU E-MAIL É: masan3144@yahoo.com.br meu nome é Sandra

Anônimo disse...

Olá!
Tive o prazer de ver sua entrevista no Mais Você. Gostei muito a ponto de ir ver o seu blog assim que a entrevista terminou.
O mais interessante é que sou como vc disse, não gosto de pessoas que se passam por "BURRAS", todos temos o dever de desafiar as circunstâncias e vencer todos os obstáculos. O seu exemplo provocou um grande desejo de ter o meu BLOG também.
Meus parabéns! Desejo-lhe tudo de bom que a vida possa lhe dar.
Um grande beijo.
Sheila

Anônimo disse...

oi dona neuza!
gostei muito de sua entrevista no programa da Ana Maria, é ingrivel sua disposição, gostei tambem pois você é realista, bem como muito inteligente.
parabéns.
nilso ieggli

Anônimo disse...

Olá,Neuza AMEIIII sua entrevista no Mais Você sempre que Poço assisto, e Hj tive o Prazer de assistir muito bom mesmo tanto que me animei de criar um Blog.

Gostei da sua Prática de lidar com a vida .

Continue assim ...
Bjus!!!! Sandra Lima

ANDRÉ disse...

HOLA !! SOU ANDRÉ,E VIVO NA ESPAÑA.HJ VI SUA ENTREVISTA EM ANA MARIA BRAGA PELO SITE DA GLOBO.COM.ADOREI.TENHO 36 ANOS E QUERO CHEGAR A SUA EDADE COM ESSA VITALIDADE TODA Q ASENHORA TEM.Q DEUS CONTINUE DANDO MUITA SAUDE PRA VC PASSAR TODA ESSA EXPERIENCIA DE VIDA PARA TODOS NOS.UM GRANDE ABRACO !!!

avolescente75 disse...

Neusa,

Assisti hoje a sua entrevista (? com Ana Maria Braga. Realmente a sua disposição em aproveitar da vida o quelhe for dado, é uma lição. Nós, longevos, temos o privilégio de assistir a vida e recolher dela o que tem de melhor... e, em nosso bau de memórias temos coisas deliciosas para relembrar e contar aos nossos netos e bisnetos. Invejei sua bela cabecinha branca! Ah! como invejei. Estou com 7.7 e meus cabelos teimam em permanecerem grisalhos. Li o seu blog e alguns dos comentários que lhe enviaram. É bom sermos reconhecidos no que fazemos, não é? Contudo discordo de você quando diz não gostar de receber emails. Náo precisa ser necessariamente "em bloco" mas existem mensagens lindíssimas que nos fazem bem e nos ajudam a "repassá-las" aos que não têm uma refeerência literária de fé, de amor ao próximo, de ternura e, até às vezes de carinho... gostaria de poder enviar-lhe alguma das muitas mensagens que recebo diariamente. Prometo-lhe enviar para você, sem o grupo.Recebo-as diariamente e se algumas são profundas, as há engraçadíssimas que me arrancam boas e sadias gargalhadas. Como escrevo muito e faço poesias pergunto-lhe se posso ocupar seu tempo enviando-lhe isso também. Parabéns e se puder responda para meu email Lourdes.(avolescente75@gmail.com)

fefelipe.com disse...

Olá Neusa Assisti A Programa da Ana maria hoje 15/06/09 e achei muito enteresante o assunto sobre como éra são paulo i etc. E não posso me esquecer de ti parabenizar pelo maravilhoso programa. I claro neh si der pra responder no meu Email (eh_lipe@hotmail.com) se a sua pessoa entra ne msn add eu lah =] Bjão.

Anônimo disse...

Fiquei encantada com a sua pessoa, seu jeito de ser e de viver a vida, gostaria te-la como amiga, tenho certeza de que a senhora tem muito a ensinar sobre a vida. Admiro sua inteligencia, enfim ficaria aqui por horas a fio, procurando adjetivos para defini-la, mas enfim vovó Neusa...quando eu crescer, quero ser igualzinha a vc...bjs no coração, paz e bençãos! Tenha um ótimo dia.

Patrícia Gatti Raulino disse...

Olá Vovó Neuza!

Vi sua entrevista no "Mais você" ontem pouco antes de chegar no trabalho. Parabéns pela sua disposição, destreza e competência! A senhora demonstra para todos que a idade não é limite para atitudes; nós fazemos o nosso tempo! Basta ter essa vontade de chegar aonde almeja. Com certeza a senhora impressionou muitos e imagino que poderá despertar aqueles que não têm confiança em si mesmos. Também posso dizer que me identifico muito com a senhora e por isso enviei sua matéria para amigos e parentes pois seu exemplo e história de vida é brilhante!

Adorei conhecê-la!

Beijo,

Patrícia Gatti
Brasília-DF

Elizabeth disse...

Amada...linda...maravilhosa...como e bom ver um ser humano tao lindo e completo como a senhora...parabens pela sua energia,,,vivacidade....moro em Boston...MA...USA..e vi a entrevista no meu computador,,,o mundo com certeza seria bem melhor se tivessemos mais mulheres como a senhora,,,e uma honra poder ouvir tuas sabias palavras,,,feliciades sempre,,,paz e luz....

meu emai,,,elizabeth_jain@hotmail.com
Boston MA,,,USA

Anônimo disse...

Espero que leia esta mensagem vovó Neuza.
Chorei muito quando vi sua reportagem na Ana Maria Braga, pois minha falecida maezinha que faleceu em 1995 era muito parecida fisicamente com a Senhora.
Que Deus a Abençoe muito e continue dando toda essa energia maravilhosa que a senhora passa a todos nós.
Confesso que ficarei mais "antenada" pra fugir das paranoias da velhice...
Jeane

Wilma disse...

Nossa vovó Neuza!!! a senhora agora é mais que uma celebridade!!! No programa da Ana M.Braga assisti sua entrevista e hoje vim aqui conferi o blog, ainda voltarei mais vezes para ler tudinho, ao contrário do que disse, a senhora é mesmo uma pessoa muitíssimo diferente da grande maioria nesta idade, uma parte precupada com as rugas e a lei da gravidade que põe tudo abaixo e outra só falando em "Cristo", dor aqui e ali, aff!!! Se eu envelhecer até os setenta quero ser como você!!! Parabéns e muita Saúde!!!!!

Anônimo disse...

Oi Neuza!É um prazer imenso vir aqui e cumprimentá-la! Sim, parabenizo o seu desprendimento, a sua garra e teimosia em colocar-se
com tanta disposição diante da vida e dos seus desafios. Desafios, sim, pois a certa altura da vida e idade, encontramos e esbarramos em tantos preconceitos que as vezes desejamos desistir de viver, ou ....! simplesmente levantar a cabeça, arregaçar as mangas e ir à luta com unhas e dentes ... Mas, no seu caso, e também no meu (logo explico..)temos a obrigação, a clareza e a vontade de vencer obstáculos nos deixam fortes, batalhadores e embranhamos em caminhos desconhecidos ...Ah! Mas nada dificeis! A sabedoria adquirida, o permanecer cabeça jovem, não se importando em errar, nos leva para a frente! Nada como estar atualizada, acompanhar as tecnologias, estar atenta às mudanças, aceitar e aprender sempre mais, fazer os neurônios rebolarem em assuntos mirabolentes, experimentar esse mundo ativo e maravilhoso que nos dá asas e que nos alimenta de cultura! Caminhar ao seu lado é um desejo de muitos. O seu abraço já alcançou todas as mais longinquas fronteiras..e sei que não terá medo de continuar, e a cada dia semeia mais e mais da essência do seu viver feliz.. é isso que é : um ser humano FELIZ, LINDO!
Somos todos felizes por você..também EU!E mais feliz ficarei quando receber um recadinho seu
BEIJOS
Lindaure, a doce.

Anônimo disse...

Neuza...Por favor, permita-me que eu evite de te chamar de vovó, de senhora ou dona Neuza. És muito menina...Bem mais menina do que as meninas propriamente ditas.Simplesmente eu me encantei com tua alma jovial,com tuas palavras sábias e com tua capacidade de ensinar sobre o valor que devemos dar á nossa vida. Não é bajulação e nem exagero de minha parte.Adorei mesmo assistir tua aparição no programa de Ana Mª Braga.Obrigada, linda menina por tuas palavras.Envio-te um beijo no teu coração e um abraço aconchegante e com cheiro de primavera.Ao te assistir, me fizeste lembrar de minha mãe que, infelizmente, já não está mais em meu convívio aqui na Terra.Ela era parecida contigo na forma de sonhar, de pensar e de expor sentimentos.Uma mulher autêntica assim como tu.Parabéns linda menina.
Rita,cachinhos dourados.

fala disse...

Gosto muito de pessoas de atitude,e a sr.é uma ,vi na tv e gostei muito,meus parabens
bjs e adoro vc.

Wilgner Kleyton Corrêa disse...

Boa tarde Vovó Neuza!
Tudo bem contigo?
Adorei seu blog, muito bom... mas me surgiu uma pergunta. O que fez a senhora se dedicar a um blog? Tipo a um computador....
Aguardo sua resposta!!!
bjaoooo

Anônimo disse...

ADOREI TEU BLOG!!! GOSTARIA MUITO DE CONHECER PESSOAS COMO VC, INTELIGENTES, QUE UTILIZAM SEU TEMPO COM "SUBSTÂNCIAS" SAUDÁVEIS, NÃO DISPONDO SEU TEMPO PARA O NEGATIVISMO... PARABÉNS, VC É UM ENORME EXEMPLO DE COMO SE DEVE VIVER!!!

Anônimo disse...

Gostaria de parabenizar a senhora
bela entrevista no programa da Ana Maria Braga.Gostaria de divulgar para a senhora e todos um site muito importante do Governo Federal
que tem Obras MARAVILHOSAS!!! Creio que vão gostar muito.Eu não
sou de partito nenhum e não trabalho para o Governo, apenas gostaria de compartilhar com todos
desta maravilha que devemos valorizar.
Imaginem um lugar onde nós podemos gratuitamente:

· Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;

· escutar músicas em MP3 de alta qualidade;

· Ler obras de Machado de Assis Ou a Divina Comédia;

· ter acesso às melhores histórias infantis e vídeos da TV ESCOLA e muito mais.

Esse lugar existe!
O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,

basta aceder ao site:

www.dominiopublico.gov.br

Um forte abraço Betânia Dias
19.06.09

Elaine MS disse...

Oi vovo Neuza,fiquei encantada com seu jeito ativa de ser,tenho 41 anos e vou me esforçar muito para seguir seus passos como exemplo de vida.
Que Deus em sua infinita bondade lhe de muitos anos com saude e vivacidade,que seu lar esteja sob a proteçao de nosso Pai maior.
Bjos com carinho e admiraçao...