sexta-feira, 9 de março de 2012

FALANDO EM MÚSICA DE OUTRA MANEIRA (e aproveitando para falar um pouco de História da Música)

O Carnaval terminou. Para mim, o Carnaval é uma espécie de retiro pessoal: faço  o que me dá vontade, sem tarefas a cumprir, nem compromissos me esperando.. E faço o que vai acontecendo.  Faço  o que não faço em dias comuns: cozinho, arrumo casa,  limpo gavetas, até costuro. Mas, estou sempre  dependurada  no computador, “googleando” para procurar  saber o muito que não sei.

Hoje foi o dia do YouTube. É uma covardia. É só pensar em uma música, colocar  o nome na linha de pesquisa e lá aparecem dezenas de opções da mesma coisa. E aí o trabalho é escollher a melhor opção para o gosto pessoal. Ouvir e salvar na minha pasta. Mas,  confesso que não me satisfaz. Nem ouvir música por CD me satisfaz. É uma buzina de carro, uma campainha, um telefone que toca, um cachorro que late e se perde toda a concentração.
Acostumada a ouvir música  ao vivo,  vendo também que instrumentos solam em que parte, em um ambiente silencioso e todo ele envolvido nesta ou naquela música, só uso CD quando consigo ambiente mais adequado ou com fone de  ouvido.

Passei a manhã xereteando no YouTube e  ouvi Smetana, Dvorak, Debussy e me envolvi em balé.
Smetana e Dvorak pesquisei e achei para homenagear a minha hóspede atual.(hospedo doutorandos da USP ou HC)  Ela é tcheca,chama-se Petra e é uma médica além de antropóloga forense. Fica aqui um mês para pesquisas, ministrar workshops e palestras. E então procurei alguma coisa que o compositor  Smetana havia escrito com todo o espírito nacionalista que  o caracterizou: o rio Moldavia, que corta a cidade de Praga. Encontrei essa bela aparesentação no  YouTube. Além da bela música todo um visual da cidade. Vale a pena ouvir.

Bedrich Smetana  nasceu em 1824 a leste de Praga, perto da fronteira tradicional entre Boêmia e Morávia , então províncias do Império Habsburgo.  Morreu em 1884- músico tcheco que foi pioneiro no desenvolvimento de um estilo musical que se tornou intimamente identificado com as aspirações de seu país a um estado independente. Ele é, portanto, amplamente considerado em sua terra natal como o pai da música tcheca. Internacionalmente ele é mais conhecido pela sua ópera A Noiva Vendida , e o ciclo sinfônico Má Vlast ("Minha Pátria"), que retrata a história, lendas e da paisagem da terra natal do compositor,

Antonín Leopold Dvořák  nasceu em 1841 – e morreu em  1904.  Foi um compositor tcheco da música romântica tardia , que empregou as expressões idiomáticas da música popular de Moravia e sua terra natal, Bohemia Seus trabalhos incluem sinfônica , coral e música de câmara , concertos , óperas e muitas outras peças orquestrais e vocal-instrumental. Suas mais conhecidas obras incluem a New World Symphony , as Danças Eslavas , Quarteto de Cordas "Americano" , da ópera Rusalka , Concerto para Violoncelo em B menor e coral obras Stabat Mater , Requiem e Te Deum .

De música orquestral  passei a balé. O balé mais marcante para mim é
“Prélude à l'après-midi d'un faune” vulgarmente conhecida como  Prelúdio para a Tarde de um Fauno , é um poema sinfônico de Claude Debussy de 1894,e foi inspirado no poema de  Stéphane Mallarmé , e mais tarde formou a base para o ballet coreografada por Vaslav Nijinsky . É uma das mais famosas obras de Debussy e é considerado um ponto de viragem na história da música
Sobre sua composição Debussy escreveu:
" é uma ilustração muito livre do belo poema de Mallarmé. É uma sucessão de cenas através da qual passam os desejos e sonhos do fauno no calor da tarde. Então, cansado de perseguir o vôo tímido das ninfas, ele sucumbe ao sono inebriante, em que ele pode finalmente realizar seus sonhos de posse na Natureza universal.

Vaslav Nijinski, 1890 1950) foi um bailarino e coreógrafo russo  Considerado um dos maiores bailarinos de seu tempo. Aos dezoito anos foi o par da bailarina Anna Pavlova.. Foi chamado por muitos como o deus da dança
Uma de suas coreografias mais polêmicas foi L'Aprés-Midi d'un Faune, com música de Debussy, vaiada em sua estreia, em 1912. Erótica, sensual, não foi aceita pela sociedade da época.
É um  balé, em que um jovem fauno encontra várias ninfas , flerta com elas e as persegue.. O ballet foi apresentado com os pés descalços e rejeitou o formalismo clássico . O trabalho teve um caráter abertamente sexual para a sua época e terminou com uma cena de masturbação simulada.
Em 1919, aos 29 anos, acometido por distúrbio mental (esquizofrenia), abandonou os palcos. Nijinsky passou por inúmeras clínicas psiquiátricas até completar os 60 anos. Morreu em uma clínica em Londres, em 8 de abril de 1950.
Vídeo de Nijinsky no Fauno é de 1912,com qualidade técnica baixíssima e só serve como documento histórico.
Veja  no YouTube
 Nijinsky 1912-L'Aprà ¨ s-midi d'un Faune (versão completa)

Outro bailarino posterior a Nijinsky  foi  Rudolf Nureyev que nasceu em um trem Trans-Siberian perto de Irkutsk , na Sibéria , União Soviética.
Ao final dos anos 1950, Nureyev se tornou uma sensação na União Soviética. No entanto, como o balé Kirov estava se preparando para ir em uma turnê européia, o caráter rebelde Nureyev e uma atitude não-conformista rapidamente fez dele o candidato improvável para uma viagem para o Ocidente, que era para ser de importância crucial para as ambições do governo soviético para retratar a sua supremacia cultural. No entanto, em 1961, o dançarino principal do Kirov do sexo masculino, Konstantin Sergeyev , foi ferido, e Nureyev foi escolhido para substituí-lo na turnê européia do Kirov.
Nureyev quebrou as regras misturando-se com estrangeiros, o que alarmou a gestão de Kirov.O KGB queria mandá-lo de volta à União Soviética imediatamente. Em 16 de Junho 1961 no aeroporto de Le Bourget , em Paris, Rudolf Nureyev desertou com a ajuda da polícia francesa Em uma excursão da Dinamarca conheceu Erik Bruhn , solista no Royal Ballet da Dinamarca que se tornou seu amante, seu melhor amigo e seu protetor até a morte Bruhn, em 1986.
Nureyev deu entrada no hospital Notre Dame du Perpétuel Secours em 20 de Novembro de 1992 e lá permaneceu até sua morte por complicações cardíacas, decorrentes da AIDS, alguns meses depois, aos 54 anos.
Sua performance no “L’Aprés midi d’um Faune “  é notável.Veja o  vídeo no YouTube

Rudolph Nureyev: "L'après-midi Faune d'un '



Um comentário:

Marco Antônio disse...

Olha, estou amando seu blog ! Fico encantado de ver sua iniciativa, e isso está de exemplo pra mim. Eu sou de São Paulo, mas não moro aí por enquanto. Minha namorada também é daí e eu a visito sempre que posso. Pretendemos nos casar e viver em São Paulo. Agora, seu blog passa a fazer parte das fontes especiais de informação que assino para conhecer o que temos de melhor não apenas sobre a cidade, mas sobre suas experiências interessantes aqui contadas com bom humor.

Parabéns, D. Neuza, estou mesmo muito feliz de ter encontrado o que eu queria. Um blog legal que vai me ajudar muito daqui pra frente. Eu e minha namorada estamos muito felizes.

Qualquer dia desses a gente poderia se conhecer pessoalmente. É motivo de honra pra nós !

Um grande abraço e desejo sucesso pra você !

Marco Sanches
Ituiutaba - MG