sábado, 27 de fevereiro de 2010

BIBLIOTECA DE SÃO PAULO -RECÉM INAUGURADA


Semana passada, decidi que iria ver de perto a nova Biblioteca de São Paulo, novinha em folha.
Vou de metrô porque é mais fácil. E aproveito ler o livro da vez porque o movimento não me causa nenhum transtorno. E o livro da vez é A LINGUAGEM DA PAIXÃO, de Mario Vargas Llosa*. Não é dos ultimos mas é sempre atual o modo como é escrito.
Chegando ao meu destino chego também ao capitulo do livro EPITÁFIO PARA UMA BILBIOTECA, onde Vargas Llosa relaciona e comenta sobre as bibliotecas que ele conheceu ao longo do seu tempo de viajante pelo mundo. E eu ia visitar a nossa nova Biblioteca. Nesse preciso momento. Isso que eu chamo SINCRONICIDADE... Dois acontecimentos sem nenhuma relação acontecendo simultaneamente.
Coincidencias (ou sincronicidades) à parte, voltamos à nossa Biblioteca. Desço na Estação Carandiru. E me pergunto porque conservar esse nome que só sugere coisas ruins? Se clubes esportivvos tem seu nome atrelado ao nome original da estação ( Corintias-Itaquera, Palmeiras-Barra Funda e Portuguesa-Arrmênia) por que não Carandiru-Biblioteca de São Paulo? Ou melhor ainda Biblioteca de São Paulo – Carandiru.
Quem conheceu o espaço da Casa de Detenção, em um primeiro momento sente arrepio de lembranças pesadas de um tempo não muito distante. E a primeira delas é “O massacre do Carandiru” com um numero oficial de 111 presos mortos pela policia.


O Carandiru como ele era - conjunto de pavilhões de presos

Felizmente desativado a partir de 2002 passou a abrigar o Parque da Juventude, inaugurado em 2003, um complexo cultural, recreativo e esportivo. Na mesma avenida do Parque há um conjunto habitacional vertical, o primeiro Cingapura de São Paulo que certamente se beneficiará com o Parque.
E deslocamento fácil para quem vem de longe. De metrô.


Uma visão do Parque da Juventude

A BIBLIOTECA DE SÃO PAULO tem uma área construida de 4200 metros quadrados, tem, por enquanto 30 mil livrros e 4mil CDs e DVDs; e 700 lugares para usuários.
Andei por lá para observar os usuarios, seu envolvimento e atitudes. Infelizmente (ou felizmente) sem Internet estavam lendo mesmo. Adolescentes moradores do Cingapura (que se vê pelas amplas janelas) muito à vontade manuseavam os livros com o maior cuidado.

No térreo em ambiente largo , claro e agradável, estão os livros infantís e para adolescentes. “Ilhas” de computadores permitem uso livre. Moçada é que atende com muito prazer e satisfação, passando aos usuários a importancia do livro e da cultura que eles transmitem.

No primeiro andar, literatura brasileiera, sul americana, estrangeira em geral. Dicionários, Enciclopédias. De cada autor, uns poucos exemplares, uma amostragem. Manuseados à vontade como em qualquer livraria.. Nada semelhante ao formalismo das bibliotecas.
Familias lendo juntas, jovens fazendo suas lições de casa em locais confortáveis. Moram longe de suas faculdades e aproveitam o lugar para não perder tempo. Levam como emprestimo livros disponiveis. E uma delas está levando um Saramago. Ora viva!

Soube que, com apenas 4 dias de funcionamento, na véspera do Carnaval recebeu 866 pedidos de emprestimo de livros. Beleza. Temos sim muitos leitores. Um dos livros mais procurados? Harry Potter. Qual volume? De acordo com a faixa etária..




Funcionarão também na Biblioteca oficinas de produção de textos e a primeira delas será ESCREVIVENDO que há anos funciona na Casa das Rosas.E o primeiro encontro será no dia 10 de março, das 19,30h às 21,30h. Apareçam.

Livrarias e Bibliotecas sempre foram atrativos para mim. Livrarias até mais porque posso comprar o livro que quero. Meu, tenho o direito de usar marca texto, colocar comentários pessoais. Meu sonho até pouco tempo era ter uma livraria. Era, porque agora não dá mais tempo. Alguém me ouvindo comentou que eu teria uma over dose de oferta e me angustiaria por não poder ter acesso a todos. Ao que eu respondi: leio todas as “orelhas” e escolho os que me agradam mais.
Tenho à minha frente, em meu local de trabalho um texto muito pouco considerado e que nunca vi em Bibliteca como um texto significativo.
Qual é o texto? De Castro Alves, de sua poesia “O Livro e a América”

(...) OH BENDITO DO QUE SEMEIA
LIVROS...LIVROS À MÃO CHEIA
E MANDA O POVO PENSAR!
O LIVRO CAINDO N’ALMA
É GERMEN QUE FAZ A PALMA
É CHUVA –QUE FAZ O MAR










13 comentários:

Ana Lucia disse...

Gostei muito do post! Tenho verdadeira paixão por bibliotecas. Gosto de chegar cedo e ficar um longo tempo, descobrindo livros, folheando, até escolher um que me diz algo de bom! Visitarei em breve essa biblioteca!

Rose disse...

Amo bibliotecas, já tive também muito desejo de trabalhar em uma delas. o que consegui de mais próximo disso foi ser: "professora orientadora de sala de leitura" é um cargo onde um profº é designado para trabalhar na sala de leitura das EMEFs com o objetivo de estimular a leitura através da contação de histórias e outros incentivos a leitura.
Foi uma época mágica na minha vida, aproveito para registrar o meu protesto: hoje cada EMEF comporta apenas um professor nesse cargo, que tem que atender todos os turnos da escola, dificultando o trabalho e prejudicando consideravelmente sua qualidade!
Parabéns!! Amo ler o que você escreve.
Beijos, Rosemeire!

Blog da Bruna disse...

Neuza,como sempre acompanhando os acontecimentos de São Paulo eas novas instalações de cultura.
Qualquer dia vou ver a nova Biblioteca. Duas sugestões.
1)-Porquê não chamar a estação Niva Biblioteca Carandirú, para que com o passar do tempo caia o Carandirú e fique só Nova Biblioteca....

2)- Vc fala em 700 lugares para visitantes. Estacionamento ou mesas e cadeiras para leitura?

Continue assim, comentando e exigindo das autoridades competentes TODAS as facilidades para a leitura e cultura (....estou dando aqui uma deixa para placas...a bom entendedor...)
Beijos Bruna

Maria do Carmo Vieira disse...

Que delícia, vovó Neusa. Eu tb adoro livrarias e bibliotecas. Na juventude sonhava em trabalhar numa livraria, achando que leria muitos livros. Minha vida tomou outro rumo, mas sou uma leitora apaixonada e isso é o que importa.

Parabéns pelos seus textos; você é muito boa escrevendo. Fico feliz de ter me inspirado em você para escrever meu próprio blog.

Um forte abraço.

Arte da Tribo Produções disse...

Tudo que sou hoje devo a um espaço semelhante chamado na época de Centro Cultural do Jabaquara. Uma biblioteca e cursos livres me impulsionaram ao teatro. Por iniciativa própria é certo, os tempos eram difíceis e morando em 2 comodos a preocupação de minha mãe era o sustento da família.

Mas, graças a esse Centro Cultural - Biblioteca, me sinto realizado hoje. Que bom seria se mais cultura pudesse chegar as periferias.

Gilberto Queiroz disse...

Olá, Vovó Neuza! Parabéns pelo blog. Bibliotecas têm que perder aquele jeito sisudo na relação com os leitores. Essa nova biblioteca parece muito legal mesmo.
Fiz uma chamadinha para seu blog lá no meu: http://www.gilbertoqueiroz.blogspot.com/
Ótima semana,

Ma.nath disse...

Olá vovó Neuza, assisti ao Papo Aberto com a sua participação e fiquei muito feliz, quero seguir seu blog e espero que a senhora me dê honra de visitar o meu: http://manathh.blogs.com beijo e tudo de bom.

Ma.nath disse...

Olá vovó Neuza, assisti ao Papo Aberto com a sua participação e fiquei muito feliz, quero seguir seu blog e espero que a senhora me dê honra de visitar o meu: http://manathh.blogs.com beijo e tudo de bom.

Hana disse...

Este seu blog é mágico, vou vir sempre e já estou seguindo!
Que hoje o dia seja emocionante, repleto de acontecimentos fantásticos, e esta semana será a mais especial em sua vida, as palavras tem este poder, então acredite que simplesmente será maravilhosose e será!!! Abraços.
Com carinho Hana
venha me visitar em meu cantinho da harmonia quando puder.

Hana disse...

Este seu blog é mágico, vou vir sempre e já estou seguindo!
Que hoje o dia seja emocionante, repleto de acontecimentos fantásticos, e esta semana será a mais especial em sua vida, as palavras tem este poder, então acredite que simplesmente será maravilhosose e será!!! Abraços.
Com carinho Hana
venha me visitar em meu cantinho da harmonia quando puder.

オテモヤン disse...

オナニー
逆援助
SEX
フェラチオ
ソープ
逆援助
出張ホスト
手コキ
おっぱい
フェラチオ
中出し
セックス
デリヘル
包茎
逆援
性欲

João disse...

Querida vovó!
Dizer que "não dá tempo" é uma impropriedade em se tratando de uma pessoa tão viva e antenada como a senhora. Olhe que minha mãe já passou dos noventa, completamente lúcida!
Beijos carinhosos
jbgregor.blog.uol.com.br (acha que vou perder a oportunidade? rsrs)

bsp disse...

Neuza, obrigada pelas suas visitas, tanto a virtual quanto a presencial. Temos certeza de que a Biblioteca de São Paulo conquistou uma grande amiga!

abraços!