sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

GENTE QUE CUIDA REALMENTE DA PRESERVAÇÃO DA NATUREZA

PROJETO NINHOS

Viagens sempre são produtivas desde que se tenha o espirito aberto a todo tipo de informações e que se esteja atenta a acontecimentos que podem ser divulgados. E estou sempre ligada.

Neste ultimo fim de semana, em uma viagem do tipo familiar para São Carlos, em que o bate papo certamente ficaria restrito ao gratificante reencontro como acontece em um casamento, tomei conhecimento de um projeto ecologico que “acendeu” a minha formação de bióloga.

Conversei bastante com o primo Ronaldo - que faz parte do projeto e de muitas outras maneiras preserva a natureza a seu modo) - e resultou daí um e-mail, um contato com resumo que transcrevo:

“Na região de São Carlos ainda existem pequenos fragmentos importantes de mata nativa onde observamos populações das espécies Ramphastus toco e Amazona aestiva. O grande desafio dessas espécies é encontrar locais apropriados para a nidificação. O Projeto Ninhos foi desenvolvido com a finalidade de aumentar a oferta de locais apropriados para nidificação e proporcionar um aumento da população dessas aves. A fabricação dos ninhos é totalmente artesanal e utilizamos medidas adaptadas de outros projetos semelhantes. A madeira utilizada é o Pinus caribaea, por ser mais barata e de mais fácil manuseio. Os ninhos artificiais são instalados em propriedades rurais particulares com a autorização e apoio dos proprietários. Os locais de instalação são escolhidos respeitando os seguintes aspectos: local de difícil acesso com grande área de mata nativa, distante de zonas urbanas e que já exista o registro de indivíduos dessas espécies. Os ninhos são instalados a uma altura de oito metros em árvores e, preferencialmente, em palmeiras da espécie Acrocomia aculeata, muito comuns nessa região e que são escolhidas, depois de mortas, pelas duas espécies de aves para nidificação. Os ninhos instalados estão sendo constantemente monitorados pela equipe e pelos proprietários das áreas. O primeiro aspecto positivo é a cooperação dos proprietários e moradores das áreas escolhidas, dando ao projeto um caráter educativo na área ambiental. O projeto ainda está em fase inicial, mas esperamos poder mostrar resultados positivos o mais breve possível.

HISTÓRIA CRONOLÓGICA DO PROJETO NINHOS -MUITO JOVEM AINDA.

Outubro de 2008 – início da idéia de ajudar as aves com a fabricação de ninhos artificiais.
Outubro de 2008 à abril de 2009 – amadurecimento da idéia e pesquisa na literatura.
Abril de 2009 – fabricação dos primeiros ninhos e instalação dos mesmos no sítio São Sebastião em Ribeirão Bonito, estado de São Paulo.
Maio de 2009 – apresentação do PROJETO NINHOS no AVISTAR 2009 – Encontro Brasileiro de Observação de Aves, no Parque Villa Lobos em São Paulo - Capital.
Outubro de 2009 – envio de abstract do PROJETO NINHOS para o 25 Congresso Internacional de Ornitologia – 25 th IOC 2010.
Dezembro de 2009 – a revista TERRA da GENTE, edição de dezembro de 2009, publica matéria do PROJETO NINHOS na página 64, intitulada “Os Amigos das Aves”.

GENTE DA TERRA – OS AMIGOS DAS AVES
Médicos montam uma oficina caseira para fabricar ninhos artificiais e os instalam em fazendas, na região de São Carlos, interior de São Paulo, contribuindo para a sobrevivência de tucanos e papagaios.
INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES –
RAMPHASTUS TOCO - São os tucanos sul americanos cuja principal característica é o enorme e colorido bico adaptado a pegar frutos e pequenos animais. Esse bico pode alcançar 22cm.
AMAZONA AESTIVA –São os papagaios verdadeiros.. Frugívoros, monogâmicos.

Mais informações com Sílvio Fernando Castro Rosatti – projetoninhos@ig.com.br





Um comentário:

Luana Mendes disse...

Acho importante todo e qualquer manifestação e execução para fortalecer e preservar nossa natureza. Bato palmas para isso. Hoje apoio sempre, e estou super atenta ao novo código florestal que está sendo votado no Congresso Nacional, pois quero um código a favor da natureza. Vamos ficar atentos a essa discussão. =)