sábado, 19 de março de 2016

BRECHERET - EVA - MONTEIRO LOBATO


Texto montado e apoiado no livro “Figuras do Brasil -80 autores em 80 anos de Folha” da Folha de São Paulo publicado em 2001

EVA é a primeira obra que Victor Brecheret fez para a cidade de são Paulo. Premiada em 1919 em Roma foi uma manifestação de arte na Semana de Arte Moderna de 1922.
 Em um artigo de Monteiro Lobato escrito em 16 de abril de 1921,  o comentário está aqui copiado:
(...) “Todas as qualidades que exalçam um mármore à categoria de obra prima, reúnem-se nela (EVA). Representa uma mulher e tecnicamente desafia o anatomista a lhe apontar o menor deslize de fatura. O jogo dos músculos num equilíbrio perfeito atinge um desses momentos de verdade anatômica que paralisam nos olhos a visão critica , para só deixar em campo, estática, a visão admirativa.
Mas a uma escultura destas não basta apenas a fidelidade ao natural. Faz-se mister ainda o conjunto de qualidades de expressão que criam a alma da pedra e por onde se afere o verdadeiro mérito do artista. (...) A EVA de Brecheret possui esta alma, este algo indizível, indefinível, imponderável, inclassificável, possui esta força misteriosa que no observador se traduz pela sensação augusta da obra prima. (...)
É dessas coisas que a alma sente, mas a palavra não diz. O comentário único admissível ante tais obras é um silêncio de voto, um silêncio religioso que traduz a confissão tácita de que estamos em face a alguma coisa que transcende ao nosso círculo de percepções habituais. (...) Se a EVA de Brecheret transfunde-nos tal estado de alma, não é preciso dizer mais. Isso sagra-o. Isso consagra-o.”
EVA é feita em mármore polido e está no Centro Cultural de São Paulo, na Estação Vergueiro do metrô


            



VICTOR BRECHERET (Farnese22 de fevereiro de 1894-São Paulo, 17 de dezembro de1955 ) foi um escultor ítalo-brasileiro, considerado um dos mais importantes do país.  É responsável pela introdução do modernismo na escultura brasileira. Sua figura ficou marcada pela boina que costumava vestir, ressaltando uma imagem tradicional do "artista".
Brecheret consolidou a sua nacionalidade brasileira, embora tivesse nascido na Itália.





Nenhum comentário: